iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

01/09 - 12:10

Rússia vence China e garante classificação para a próxima fase

Europeus dominaram nos minutos finais, chegam à terceira vitória no Mundial e já têm vaga assegurada no grupo C

iG São Paulo

Rússia e China fizeram uma partida bastante equilibrada, cheia de altos e baixos e que seguia indefinida até o último quarto. Mas nos minutos finais, os europeus dominaram e conquistaram a vitória, por 89 a 80.

O ala Sergey Monya foi o principal pontuador da seleção russa. Além dos 17 pontos e seis assistências, converteu duas cestas de três no desfecho do embate que foram fundamentais para o resultado final. Mas o principal destaque da equipe foi o pivô Sasha Kaun, que registrou um duplo-duplo expressivo: 16 pontos e 14 rebotes.

Com 19 pontos, o armador Sun Yue foi o cestinha do confronto, mas não evitou a derrota do time asiático. Já Yi Jianlian apareceu com 14 pontos e sete rebotes.

EFE
Os 19 pontos de Sun Yue não evitaram terceira derrota da China

Os dois times começaram a partida errando muito no ataque, desperdiçando muitos arremessos e movimentando muito pouco o marcador. Os chineses, no entanto, acertaram a pontaria na reta final do primeiro quarto: anotaram sete pontos consecutivos no minuto final e abriram 21 a 15 no placar.

A situação do jogo parecia ter mudado completamente no segundo período, pois a Rússia passou a acertar os lances ofensivos e a China voltou a demonstrar falta de pontaria nos arremessos. A seleção européia chegou a abrir sete pontos (36 a 29) quando restavam quatro minutos para o intervalo.

A partir desse momento, os chineses acordaram: anotaram 14 dos 18 últimos pontos da primeira metade e foram para os vestiários vencendo por 43 a 40.

As oscilações diminuíram no segundo tempo do embate, com os times se alternando bastante na liderança do embate e muito próximos no marcador.

Com quatro minutos para o fim de jogo, China e Rússia estavam empatados em 75 pontos. Porém, Sergey Monya liderou uma corrida de 12 pontos consecutivos dos europeus que acabaram por decidir o jogo.

O resultado deixa a China em situação bastante complicada no grupo C. O time asiático venceu apenas um dos quatro embates que realizou e, para depender somente de si mesmo, terá que vencer a Turquia amanhã.

Já a Rússia, com três triunfos e somente um revés, está garantida nas oitavas de final e enfrentará a Grécia nessa quinta-feira (2), na última rodada da fase de grupos.

China (80) - J. Ding (2), W. Liu (5), S. Yu (5), S. Wang (16), L. Jin (0), Y. Sue (19), Z. Zhang (0), J. Yi (14), A. Guo (2), W. Su (0), Z. Wang (14), P. Zhou (3).

Rússia (89) – A. Vorontsevich (7), E. Kolenikov (0), S. Bykov (11), V. Fridzon (2), S. Kaun (16), A. Zhukanenko (0), V. Krhyapa (0), A. Ponkrashov (15), S. Monya (17), D. Khvostov (2), E. Voronov (11), T. Mozgov (8).


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


EFE

Sasha Kaun

Sasha Kaun
Pivô registrou um duplo-duplo (18 pontos e 14 rebotes) e foi fundamental para vitória russa

Topo
Contador de notícias