iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

10/05 - 17:14

Após virada, irmãos Duda e Marcelinho tentam fechar série

Para Duda, segundo maior 'ladrão de bola' da edição 2010, o cronômetro e toda pressão serão inimigos do Franca

Gazeta Esportiva

Melhor equipe da primeira fase do NBB (Liga Nacional de Basquete), o Flamengo, atual bicampeão nacional, tomou um susto ao perder a primeira partida das semifinais para o Vivo/Franca, contudo conquistou duas vitórias, em casa, e está a um resultado positivo de carimbar vaga na grande decisão.

Duas das principais peças da equipe alvinegra, os irmãos Duda e Marcelinho almejam encerrar a série melhor de cinco já no próximo embate, que será realizado nesta terça-feira, em Franca. Para isso, o armador do Flamengo e da seleção brasileira espera que os comandados de Paulo Chupeta não repitam os mesmos erros da primeira partida.

"Fizemos uma boa partida contra eles em Franca. Abrimos vantagem, mas deixamos eles voltarem para o jogo e não conseguimos manter o mesmo nível no último quarto. Acabamos desconcentrando e eles souberam aproveitar isso. Não podemos cometer esse mesmo erro, precisamos manter a atenção durante toda a partida, concentrados do primeiro ao último minuto", analisou Marcelinho, cestinha da competição com 871 pontos.

Já para Duda, segundo maior 'ladrão de bola' da edição 2010, o cronômetro e toda pressão serão inimigos ferrenhos dos paulistas, entretanto os rubro-negros precisam impor um ritmo forte para não dar chances aos donos da casa.

"Franca tem jogadores experientes, sabe usar essa pressão da torcida a favor, e precisamos ter cuidado, não podemos entrar no ritmo de jogo deles, temos que manter a nossa estratégia para buscar a vitória. Vai ser um jogo difícil, mas eles não podem errar. Se fizermos um bom jogo, marcando forte e forçando eles ao erro, o relógio pode jogar a nosso favor. Vamos para vencer", reforçou Duda.

A outra semifinal, entre Universo/Brasília e Pitágoras/Minas, também está 2 a 1. Assim como os cariocas, os brasilienses estão próximos de se credenciaram à decisão.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias