iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

05/04 - 14:17

Ubiratan entra no Hall da Fama do basquete dos EUA
Campeão mundial com o Brasil em 1963, ex-jogador já havia sido incluído no Hall da Fama da Fiba

Agência Estado

O brasileiro Ubiratan Pereira Marciel foi eleito, nesta segunda-feira, para o Hall da Fama do basquete dos Estados Unidos. Morto em 2002, aos 58 anos, o ex-jogador da seleção entrou na turma de 2010 da entidade, ao lado de outros astros como os norte-americanos Scottie Pippen e Karl Malone.

Campeão mundial com o Brasil em 1963, Ubiratan já havia sido incluído no Hall da Fama da Fiba (Federação Internacional de Basquete), em agosto do ano passado. Agora, volta a ser lembrado de maneira póstuma com uma honraria que será oficializada em uma cerimônia marcada para o próximo dia 13 de agosto.

Ao ser eleito para o Hall da Fama dos Estados Unidos, Ubiratan se tornou apenas o segundo brasileiro a entrar para este seleto grupo. Até então, Hortência era a única a ter conseguido o histórico feito.

Além de ter sido campeão mundial em 1963, Ubiratan foi vice-campeão do mundo em 1970 e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de 1964. O ex-jogador ainda ganhou cinco títulos sul-americanos pela seleção brasileira e 11 títulos paulistas com as camisas de Corinthians, Sírio e Palmeiras.

Dennis Johnson e Gus Johnson, veteranos da NBA, foram outros dois ex-jogadores que entraram nesta segunda-feira, como Ubiratan, para o Hall da Fama do basquete dos Estados Unidos e também serão homenageados de maneira póstuma.

As seleções de basquete dos Estados Unidos que foram campeãs olímpicas em 1960 e 1992 também serão oficialmente incluídos no Hall da Fama do basquete dos Estados Unidos na cerimônia do próximo dia 13 de agosto. Malone e Pippen integraram a equipe campeã da Olimpíada de Barcelona, em 1992.


Leia mais sobre: Ubiratan basquete Hall da Fama

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

us ubiratan bira

Bira
Ubiratan Maciel Pereira, que morreu em 2002, era conhecido como "O Rei" das quadras de basquete

Topo
Contador de notícias