iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

23/12 - 09:40

Kobe rouba a cena dos Gasol e faz Lakers voltar a vencer

Em jogo que reuniu irmãos espanhóis, quem fez a diferença mesmo foi o MVP da temporada 2007/2008

Gazeta Esportiva

LOS ANGELES (Estados Unidos) - Tudo estava preparado no ginásio FedExForum nesta segunda-feira para a realização do primeiro confronto entre irmãos estrangeiros na história da NBA, no caso Pau e Marc Gasol. Entretanto, Kobe Bryant roubou a cena no encontro dos parentes e levou o representante mais velho da família espanhola à vitória: com 36 pontos, o astro liderou o fim da seqüência de derrotas do Los Angeles Lakers, que bateu o Memphis Grizzlies por 105 a 96.

Apesar do brilho de Kobe, os Lakers ficaram muito próximos de cair pela terceira vez consecutiva nesta temporada. Confirmando a fama de atuar mal fora de casa quando enfrenta times de menor escalão, os comandados de Phil Jackson eram derrotados pelos Grizzlies até o nono minuto do último quarto (o marcador apontava 90 a 93). A partir daí, o ala-armador foi decisivo ao marcar nove tentos que garantiram a virada dos visitantes.

De quebra, o atleta campeão olímpico com a seleção norte-americana acabou como o destaque da noite que tinha suas atenções voltadas para dois estrangeiros. Como é estreante na NBA, Marc Gasol, um dos destaques da franquia de Memphis, jamais havia encontrado Pau nos Estados Unidos.

No primeiro embate, quem levou a melhor foi o irmão mais experiente, mesmo que ele não tenha chegado a brilhar – limitou-se a 15 pontos, sete rebotes e seis assistências. Titular, o pivô dos Grizzlies também não teve grande atuação, colecionando oito tentos e dominando o garrafão em sete oportunidades.

Entre os espanhóis, o maior destaque foi para a decepcionante recepção dada a Pau Gasol no FedExForum. Atleta dos Grizzlies por seis temporadas e meia, ele havia se transferido aos Lakers em fevereiro passado, buscando ser campeão pela primeira vez da NBA. No entanto, parece que os torcedores de Memphis ainda não engoliram a saída do ala-pivô, que surpreendentemente acabou vaiado em quadra.

De qualquer forma, o jogador de basquete espanhol mais famoso da atualidade tratou de minimizar o ocorrido, valorizando a vitória que mantém seu time tranqüilo na ponta da Conferência Oeste. “Alguém tinha de perder esta noite (de segunda), certo? Sempre terei boas recordações da cidade e estou feliz por termos saído daqui vitoriosos, porque precisávamos deste resultado para continuar a perseguir nossos objetivos”, destacou o ala-pivô.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias