iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

23/07 - 18:32

Partida da WNBA acaba em pancadaria

Confusão começou após uma marcação de uma falta, quando as jogadoras começaram a trocar empurrões no garrafão

Gazeta Esportiva

LOS ANGELES (Estados Unidos) - A partida entre o Los Angeles Sparks e o Detroit Shock, válida pela WNBA (liga-norte americana feminina de basquete) e disputada na última terça-feira, ficou marcada por uma pancadaria generalizada entre as jogadoras das duas equipes.

A confusão começou após uma marcação de uma falta, quando as jogadoras começaram a trocar empurrões no garrafão e partiram para a briga. Entre elas, a revelação do basquete norte-americano, a pivô Candace Parker, do Los Angeles, e sua companheira de equipe, Lisa Leslie.

AP
briga

Imagem mostra o início da confusão entre jogadoras do Los Angeles e do Detroit

AP
briga2
Lisa Leslie (à esq.) sofre empurrão do assistente Rick Mahorn (de terno)


Tricampeã olímpica com os Estados Unidos e prestes a disputar mais uma Olimpíada, Lisa Leslie, de 36 anos, teria sido empurrada por Rick Mahorn, assistente técnico do Detroit Shock, que negou o fato.

'Eu estava tentando garantir a integridade do jogo. A WNBA é muito importante para mim porque eu tenho quatro filhas. Eu nunca levantei a minha mão para elas e eu nunca empurraria uma mulher', garantiu Mahorn.

Após toda pancadaria, o time de Los Angeles venceu a partida por 84 a 81, resultado que o deixa na terceira colocação da Conferência Oeste, enquanto o Detroit é o líder da Conferência Leste.


Leia mais sobre: WNBA basquete

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias