iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

02/07 - 15:54

Sampaio pede cuidado com pivô, mas minimiza poderio chileno
Próximo adversário da seleção brasileira masculina de basquete no Sul-americano, o Chile (às 20 horas de Brasília desta quarta-feira, com transmissão da ESPN Brasil ) não deverá oferecer muita resistência à equipe nacional.

Gazeta Esportiva

Pelo menos essa é a opinião do técnico Paulo Sampaio, que embora tenha pedido atenção na marcação ao pivô Patrício Briones, acredita que seus comandados podem sair de quadra com a segunda vitória na competição.

O Chile chega para a partida com o título da Copa Carranza, conquistado na última semana, e também com uma vitória por 81 a 66 sobre o Uruguai na estréia do Sul-americano na noite de terça-feira. Além disso, terá o incentivo de seus torcedores na cidade de Puerto Montt, mas nem por isso é visto como favorito para vencer o Brasil.

“Eles vêm motivados pelo apoio da torcida e pelo título da Copa Carranza, mas no Super Four já tiveram uma queda de rendimento”, apontou o comandante nacional, Paulo Sampaio. “O destaque chileno é o Briones, pivô de 2,10m e que merece atenção especial. Mas acredito que, se o Brasil jogar com disciplina e acertar o tempo de bola, tem todas as condições de vencer os donos da casa”, prosseguiu.

Assim como o Chile, a seleção brasileira também venceu a sua estréia no Sul-americano, na noite desta terça-feira, ao superar a Colômbia por 83 a 75. O único destaque nacional foi o pivô William Drudi, responsável por 23 pontos e 15 rebotes. O segundo maior pontuador do time verde e amarelo foi o ala/armador André Stefanelli, com dez tentos a menos do que Drudi.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar