iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

17/06 - 16:01

Moncho critica pedido de dispensa de Leandrinho
O técnico da seleção masculina de basquete, Moncho Monsalve, fez duras críticas ao pedido de dispensa do armador Leandrinho Barbosa, do Phoenix Suns. O treinador chegou a dizer que Leandrinho "não joga mais sob seu comando na seleção", se não chegar nenhum documento oficial de Phoenix.

Agência Estado

"Acho que faltou respeito da parte dele com o país, com a CBB e com os companheiros de equipe. Essa situação é completamente diferente dos outros atletas (Nenê, Anderson e Valtinho)", disse Moncho.

"O Tiago Splitter e o Alex, mesmo com as lesões no pé e joelho, respectivamente, nunca me disseram que não viriam. São atitudes que dignificam o atleta e a pessoa que eles são", acrescentou o treinador.

Em nota oficial, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) divulgou que a NBA enviou um comunicado para a entidade e para o Phoenix Suns, informando que Leandrinho estava liberado para jogar, e que o seguro do atleta custava US$ 18,2 mil (cerca de R$ 29,3 mil). No entanto, o agente do de Leandrinho, Billy Duffy, enviou um fax para a CBB, com a dispensa do jogador, alegando uma tendinite patelar no joelho direito.

Para a vaga de Leandrinho, Moncho convocou o armador Fúlvio, do Paulistano. O jogador foi o líder de assistências da Supercopa, torneio paralelo ao Campeonato Brasileiro da CBB.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar