iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

13/06 - 20:17

Varejão procura Moncho para explicar dispensa
Depois de formalizar seu pedido de dispensa na seleção brasileira masculina de basquete para o Torneio Pré-olímpico Mundial por e-mail, o ala/pivô Anderson Varejão procurou pessoalmente o técnico espanhol Moncho Monsalve para conversar sobre o assunto. Nesta sexta-feira, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, o jogador do Cleveland Cavaliers afirmou ter se encontrado com o treinador na noite da véspera.

Gazeta Esportiva

"Era o melhor a fazer, para evitar mais polêmica", explicou. "Preferi ir até o hotel da seleção e sentar com o Moncho para conversarmos. Li algumas notícias, comentários dele, vi que ele não estava sabendo tudo como as coisas haviam acontecido e do que estava acontecendo. Mostrei para ele o laudo do médico, expliquei o que estava acontecendo e foi bom termos conversado".

Segundo o ala/pivô, sua apresentação estava garantida. A previsão era que chegasse ao Brasil no último dia 6, estando disponível para o time dois dias depois.

"Eu fiquei nos Estados Unidos direto para seguir com o tratamento". Três dias antes da viagem porém ele recebeu o laudo do médico do Cleveland. "Recebi um laudo que deixava tudo bem claro, detalhava bem as minhas contusões e que minha reabilitação ainda demoraria algum tempo".

Anderson pediu o afastamento por causa de duas lesões, uma no tornozelo esquerdo e outra na coxa direita. "Tenho uma lesão no tornozelo esquerdo, uma lesão que já era antiga, mas virei o pé no fim de janeiro e fiquei um mês parado. No terceiro jogo contra o Boston (Celtics, pelos playoffs da NBA), me machuquei também. Uma contusão na coxa direita, que afetou o joelho. Fico triste de não poder jogar o Pré-olímpico. É frustrante, mas não há o que fazer, preciso me concentrar na recuperação".

Fora da equipe, Varejão promete ficar na torcida pela classificação brasileira. "O momento é de apoiar, de dar força aos que estão lá. Quem está no grupo está representando a seleção brasileira e o Brasil precisa de força, de apoio e da torcida de todos. Temos uma equipe forte, bons jogadores e condições de conquistar a vaga em Pequim".

A seleção brasileira disputa o Pré-olímpico de 14 a 20 de julho, em Atenas, na Grécia. A competição define as três últimas vagas olímpicas.

Além de Varejão, o Brasil também não poderá contar com Nenê (Denver Nuggets), Paulão (Clínicas Rincón Axarquia) e Valtinho (Universo/BRB/Converse) por motivos médicos, e Guilherme Giovannoni (Bologna) por razões particulares. O armador Leandrinho (Phoenix Suns) com uma lesão no joelho é outro desfalque provável.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar