iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

06/06 - 20:27, atualizada às 20:30 06/06

Moncho revela decepção com os brasileiros da NBA
O técnico da seleção brasileira masculina de basquete, o espanhol Moncho Monsalve, não escondeu sua decepção com a atitude dos brasileiros que atuam na NBA. Nesta sexta-feira, o pivô do Denver Nuggets, Nenê Hilário, pediu dispensa da equipe que disputará o Pré-Olímpico de Atenas no mês que vem, deixando a seleção mais européia - dos 14 atletas previamente convocados, apenas cinco não jogam no continente.

Agência Estado

Nenê é o segundo jogador da NBA a pedir dispensa. Anderson Varejão, do Cleveland Cavaliers, também avisou nesta semana que não irá ao Pré-Olímpico por causa de uma contusão no tornozelo esquerdo e de uma lesão no quadríceps da coxa direita. Leandrinho, do Phoenix Suns, ainda não definiu sua situação, mas é provável que também peça dispensa.

O assunto já incomoda o técnico espanhol. "Se alguém me perguntar do Nenê, do Leandrinho ou do Anderson não falo mais. Só sobre os que estão aqui", disse o técnico. Segundo ele, a ausência de Nenê era esperada e compreensível, mas a de Varejão o pegou de surpresa. "Quando conversei com ele por e-mail, não disse que estava contundido". Quanto a Leandrinho, o técnico afirmou que não conseguiu falar com ele, apesar dos e-mails e recados na secretária eletrônica do celular.

Moncho Monsalve revelou que os substitutos devem vir de três ou quatro atletas que estão treinando para o Campeonato Sul-Americano e iriam complementar o grupo do Pré-Olímpico "Se for preciso, jogo até com dez deles". O técnico expressou sua decepção. "Em uma decisão pessoal não posso interferir. Mas é preciso ter respeito não a mim, mas ao País”.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar