iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

06/06 - 09:02, atualizada às 14:45 06/06

Mesmo lesionado, Pierce brilha: 'Não poderia acabar'
Grande personagem do primeiro jogo da final da NBA, Paul Pierce se mostrou eufórico após ser decisivo para a vitória do Boston Celtics sobre o Los Angeles Lakers por 98 a 88. Apesar de ter sofrido uma torção de joelho no terceiro quarto, o ala voltou à quadra e, no sacrifício, brilhou ao anotar 22 pontos.

Gazeta Esportiva

Ao se chocar com um companheiro de equipe, Pierce foi aos vestiários sendo levado por uma cadeira de rodas. Porém, ainda no terceiro período ele levantaria a torcida, finalizando com duas cestas da linha dos três que permitiram aos Celtics ter a vantagem de iniciar o último quarto à frente no marcador.

Falando sobre o assunto logo após o encontro desta quinta-feira, o ala expressou satisfação por ter conseguido retornar ao jogo. “Muita coisa está passando pela minha cabeça. Quando eu caí senti uma “explosão”, pensei que houvesse rompido (o joelho). Mas isto não poderia acabar assim e estou feliz”.

Enquanto isso, o técnico da franquia de Boston, Doc Rivers, admitiu que não esperava ver Pierce de volta à quadra. “Pensei o pior quando o carregaram para fora”.

O ala-pivô Kevin Garnett, principal destaque dos Celtics e dono de 24 pontos e 13 pontos na partida, elogiou o comportamento do companheiro. “Paul estava bem, e todos se rejuvenesceram. Foi o momento que nos deu vida. Algo que sabemos é que Paul é muito duro, ele já jogou com pequenas lesões durante a temporada”.

Como realizou a melhor campanha da temporada regular, a equipe tem a vantagem do mando de quadra na decisão dos playoffs. Assim, recebe os Lakers novamente em Boston no próximo domingo para o segundo jogo da série.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar