iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Basquete

05/06 - 21:41, atualizada às 14:54 06/06

Franca é o primeiro campeão da Supercopa
O Unimed/Franca tornou-se o primeiro campeão da Supercopa masculina de basquete, ao vencer o Conti/Assis por 85 a 53 (43 a 22 no primeiro tempo) nesta quinta-feira, fazendo 3 a 1 na série melhor-de-cinco da decisão da competição. Este é o segundo título da equipe de Franca na temporada, já que também havia faturado o Campeonato Paulista.

Gazeta Esportiva

Aliás, a decisão da Supercopa foi uma reedição da final da competição estadual de 2006/2007, quando os comandados de Hélio Rubens também levaram a melhor.

Com a vitória, o Franca impõe sua hegemonia no basquete paulista, uma vez que além de vencer o Campeonato Paulista, a equipe fatura a Supercopa, torneio organizado por equipes descontentes com o Campeonato Nacional masculino de basquete da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), e que só contou com a participação de clubes do estado de São Paulo.

Após vencer os dois primeiros jogos - por 85 a 77 e 79 a 67 - Franca caiu na terceira partida, sendo derrotada por 89 a 73. Contudo, no confronto desta quinta-feira, o time de Hélio Rubens não vacilou e soltou o grito de campeão.

Apesar de um começo de jogo equilibrado, o Franca, contando com o apoio da sua torcida, abriu uma boa vantagem e terminou o primeiro quarto vencendo por 22 a 12. No segundo período, o time da casa aumentou a vantagem e saiu de quadra ao fim do primeiro tempo na frente, com o tranqüilo placar de 43 a 22.

Sem forças para reagir, o time de Assis viu a vantagem francana chegar a 20 pontos. Assim, totalmente superior ao adversário, o Franca, com uma cesta de três pontos de Rogério antes que o cronômetro zerasse, fechou o terceiro período por 65 a 35.

Com tamanha vantagem e um adversário com uma apatia surpreendente, só coube ao Franca administrar a vantagem, vencendo a partida em e garantindo mais um título para sua história.

Helinho, com 18 pontos, Willian Drudi, com 17 e Rogério Klafke, com 14 pontos e 11 rebotes, foram os destaques na partida que deu o título ao Franca, enquanto Ricardo Probst, conseguiu um duplo-duplo, com 11 pontos e 14 rebotes, mas não conseguiu impedir o título do adversário.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar