Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Vencedor, Camilo vai guardar sua parte do prêmio milionário

Após dividir o milhão de reais com equipe, piloto disse que ainda não sabe o que fazer com o dinheiro

iG São Paulo |

Após largar em sétimo na Corrida do Milhão, disputada neste domingo (7), Thiago Camilo, da RCM Motosport, foi o vencedor do prêmio milionário. O piloto, que lidera a temporada da Stock Car, a princípio pretende guardar o dinheiro que ganhou na prova.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Primeiro, vou dar uma fatia para a equipe, porque se não fosse o trabalho deles eu obviamente não estaria aqui. Mas primeiro vai para a conta. Primeiro, na verdade, comemoração, depois vai para a conta”, disse Camilo, em coletiva depois da corrida.

Vencedor, o piloto agradeceu a atitude de Daniel Serra, segundo colocado, que, segundo o líder do campeonato, agiu com lealdade quando foi ultrapassado pelo adversário.

“No geral, o pessoal que está sempre ali na frente tem um respeito muito grande. Eu tinha certeza que, com o Serrinha, eu poderia arriscar porque ele agiria com lealdade. Talvez se fosse outro piloto, desses que eu considero um pouco mais agressivos, eu pensaria duas vezes”, contou o vencedor.

Chefe da equipe revela dificuldades

André Bragantini, chefe da RCM Motosport, ficou feliz com o desempenho do carro de Thiago Camilo na corrida deste domingo. De acordo com o dirigente, o acerto da equipe foi feito no fim da noite de sábado (6).

“O Andrezinho, meu filho, quis trocar o acerto ontem à noite, às 22h30, e a gente não conseguia falar com o Thiago para ver se ele aprovava. Quando conseguimos falar com ele, a gente já tinha feito o acerto. E graças a Deus funcionou tudo bem”, disse Bragantini.

O chefe da equipe afirmou que teve de arriscar durante a prova, e afirmou que, por conta do combustível, talvez o carro de Camilo não resistisse a mais uma volta.

“Com a entrada do Safety Car, o consumo de combustível diminuiu bastante, mas mesmo assim a gente sabia que seria arriscado. Mas tínhamos que arriscar”, contou Bragantini.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG