Brasileiro afirmou que superar o canadense na pista não terá sabor especial se acontecer

Durante dois anos, Ricardo Zonta foi companheiro de Jacques Villeneuve na BAR na Fórmula 1. No entanto, os dois nunca se deram bem e chegaram a trocar farpas publicamente. No domingo (7), na Corrida do Milhão, os dois voltarão a ser adversários. Mas, mais do que relembrar a disputa, o brasileiro se disse feliz pela presença do canadense no país.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Acho muito importante, acho que a ideia foi positiva para a Stock Car . Traz uma valorização muito grande, e o público vai assistir mais para ver o que vai acontecer com o Villeneuve. Não tem nada de negativo”, disse Zonta, em entrevista ao iG . O competidor afirmou que ultrapassar o rival na pista não terá sabor especial.

“Ele é profissional tanto quanto eu, caso ele esteja na minha frente será por méritos, ou se eu estiver na frente dele será por méritos. Vai ser a mesma coisa se eu estiver na frente de qualquer outro, é o mesmo gosto. Para mim, o importante é vencer, não ganhar de um só”, completou o piloto, que liderou os treinos desta quinta-feira (4). Villeneuve foi o sexto.

Zonta disse não se importar muito com o prêmio milionário, mas admitiu que a Corrida do Milhão é especial por conta da exposição que a cerca. “Não diria que a preparação é maior por causa do prêmio, e sim por conta da importância do evento. Os patrocinadores olham com outros olhos, isso é o principal”, concluiu Zonta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.