Australiano consegue nona pole em 14 provas e ainda quebra recorde da pista espanhola

O australiano Casey Stoner parece caminhar a passos largos para uma temporada perfeita na MotoGP . Na manhã deste sábado (17), o piloto levou a sua moto à nona pole position da temporada 2011 no treino classificatório para o Grande Prêmio de Aragón, e com direito à quebra de um recorde na pista espanhola.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto da Honda conseguiu uma volta mais veloz que o tempo mais rápido da história do circuito, obtido no ano passado. Ele já liderava a movimentação com a marca de 1min49s165, mas ainda a melhorou com 1min48s663, obtendo o recorde a 13 minutos do final do treino qualificatório.

O curioso é que na volta seguinte à da quebra de recorde, o australiano caiu de sua moto, gerando alguma preocupação na sua equipe. No entanto, calmamente ele se levantou e foi, andando vagarosamente, em direção aos boxes. Sua moto, apesar disso, ficou bastante destruída e inutilizável para o final do treino.

Sendo assim, Stoner ainda tinha alguns minutos para correr, e o fez com a moto reserva do time. E, surpreendentemente, ele se superou ainda mais: baixou a marca mais rápida da pista que havia obtido instantes antes, e foi por alguns instantes o único a descer a casa de 1min49s, com o tempo de 1min48s451.

Comprovando o domínio dos motores Honda no circuito de Aragón, Dani Pedrosa - que havia sido o mais rápido no primeiro treino livre, enquanto que Stoner o foi no segundo - ficou com a segunda volta mais rápida, com 1min48s747. Surpresa da movimentação, o norte-americano Ben Spies superou o companheiro de time Jorge Lorenzo e largará na primeira fila, no terceiro lugar.

Os italianos não foram bem mais uma vez. Andrea Dovizioso ficou com a quinta colocação, seguido de Marco Simoncelli. Valentino Rossi, heptacampeão, não conseguiu mais que um 13º lugar - o companheiro de time, Nicky Hayden, ficou em sétimo.

Confira o resultado do treino classificatório da MotoGP em Aragón:

1º) Casey Stoner (AUS/Honda), 1min48s451 (20 voltas)
2º) Dani Pedrosa (ESP/Honda), a 0s296 (22)
3º) Ben Spies (EUA/Yamaha), a 0s704 (24)
4º) Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha), a 0s819 (21)
5º) Andrea Dovizioso (ITA/Honda), a 0s921 (26)
6º) Marco Simoncelli (ITA/Gresini Honda), a 1s077 (24)
7º) Nicky Hayden (EUA/Ducati), a 1s301 (24)
8º) Karel Abraham (TCH/Cardion Ducati), a 1s326 (26)
9º) Hiroshi Aoyama (JAP/Gresini Honda), a 1s362 (24)
10º) Randy de Puniet (FRA/Pramac Ducati), a 1s375 (26)
11º) Alvaro Bautista (ESP/Suzuki), a 1s432 (26)
12º) Cal Crutchlow (ING/Tech 3 Yamaha), a 1s442 (25)
13º) Valentino Rossi (ITA/Ducati), a 1s509 (22)
14º) Hector Barbera (ESP/Aspar Ducati), a 1s525 (25)
15º) Colin Edwards (EUA/Tech 3 Yamaha), a 1s654 (22)
16º) Loris Capirossi (ITA/Pramac Ducati), a 2s301 (23)
17º) Toni Elias (ESP/LCR Honda), a 2s622 (26)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.