Australiano assumiu a liderança no fim para ganhar o GP dos Estados Unidos. Daniel Pedrosa completou o pódio

Casey Stoner, o vencedor do GP dos EUA
AP
Casey Stoner, o vencedor do GP dos EUA
Não deu para Jorge Lorenzo. O piloto da Yamaha até que tentou, mas não conseguiu controlar a fúria de Casey Stoner e perdeu a liderança do GP dos Estados Unidos de MotoGP no final da reta, perto do fim da corrida. O espanhol teve de se contentar com o segundo posto, e Daniel Pedrosa ficou em terceiro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Lorenzo, mesmo ferido, conseguiu a pole position para o GP dos Estados Unidos e fez uma ótima largada. O piloto da Yamaha conseguiu abrir uma boa vantagem, enquanto Pedrosa e Stoner batalhavam pelo segundo lugar. Marco Simoncelli, que largou na quinta colocação, ultrapassou Bem Spies ainda na largada, mas não conseguiu manter a posição.

Valentino Rossi também fez um bom início de corrida, chegando a assumir a quinta colocação, mas com uma Ducati mais fraca, logo caiu para o sexto posto, sendo seguido por seu companheiro, Nicky Hayden.

Na ponta da corrida, Pedrosa conseguiu chegar em Lorenzo, deixando Stoner para trás. O espanhol, que venceu na Alemanha no último domingo (17), não conseguiu ultrapassar o ponteiro e acompanhou a aproximação do piloto australiano.

Casey então se dedicou a estudar as linhas de seu companheiro de equipe. Não demorou muito, o australiano conseguiu dar o bote e abrir. Stoner começou então uma verdadeira caçada a Jorge Lorenzo. Com uma moto mais rápida, Casey diminuía a distância volta após volta, até que alcançou rival. O piloto da Yamaha ainda tentou manter a ponta, mas o campeão de 2007 foi por fora no final de reta e assumiu a liderança.

Jorge tentou dar o troco, mas já era tarde. Stoner abriu e cruzou a linha de chagada com 5s634 de vantagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.