Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Rossi assume erro, mas nega tentativa de ultrapassar Stoner

O italiano pediu desculpas para o australiano após acidente em Jerez de la Frontera, que tirou a chance de vitória dos pilotos

Warm Up |

Valentino Rossi assumiu o erro na manobra que tirou Casey Stoner do GP da Espanha de domingo, mas afirmou que não estava tentando ultrapassar o piloto da Honda. O italiano explicou que apenas perdeu a freada e foi por dentro da curva com o intuito de não acertar Stoner – o que não aconteceu.

AP
Rossi foi o quinto colocado no GP da Espanha
“Quando cheguei em Stoner não queria ultrapassá-lo no momento da freada, mas freei um pouco mais forte e cheguei nele muito rápido. Não tinha espaço suficiente por fora (na curva), então tentei ir por dentro para evitar problemas para nós, só que perdi a frente da moto e ainda o tirei da pista”, lamentou Rossi. “Foi totalmente erro meu. Devo desculpas a Casey. Sei que ele está muito irritado porque não comete erros. Fui direto pedir desculpas”, relatou.

Quando Rossi foi pedir desculpas a Stoner pelo acidente, as câmeras mostraram o australiano perguntando ao italiano sobre o ombro lesionado, insinuando ainda que "a ambição havia superado o talento". Rossi deu de ombros para a declaração do rival.

“Não sei, talvez ele não saiba exatamente quem eu sou. Mas tudo bem, é justo, ele estava com raiva e eu faria o mesmo. Cometi um erro e, para mim, era importante pedir desculpas. Não estou interessado no que ele diz”, alfinetou Valentino.

O maior lamento de Rossi com o acidente foi ter perdido uma chance clara de vitória, já que conseguiu terminar a prova em quinto mesmo depois da queda. “Quinto é um resultado positivo, fosse no seco ou no molhado, mas nós fomos mais competitivos. Tivemos sorte com o tempo, pois ele nos deu uma grande chance de vitória e pódio com a Ducati. Infelizmente joguei fora essa chance com o erro.”

“No molhado eu pude andar 100% com meu ombro. Pude frear onde meus olhos me diziam para frear, pois a força sobre o ombro no molhado é muito menor por causa da aderência menor do pneu. Desde o início do ano passado não tinha essa sensação. Isso me deixou otimista”, encerrou Valentino.

Leia tudo sobre: Casey StonerValentino RossiHonda

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG