Piloto espanhol quer esquecer o erro e se focar na temporada 2012 da MotoGP, que começa no próximo domingo, no Catar

Preso no último sábado (31) após uma operação da Guarda Civil em Valência, Espanha, o piloto Dani Pedrosa, umas das estrelas da MotoGP , admitiu que errou e pediu desculpas publicamente. Supostamente envolvido em um esquema de fraude nos exames de habilitação para a carta náutica , Pedrosa foi uma das 21 pessoas detidas na investigação.

Leia rambém: Dani Pedrosa é preso por fraude em exame para habilitação náutica

Nesta segunda-feira, em comunicado emitido por seu advogado, David Gil Fernández, o espanhol afirmou que cometeu um erro depois de "seguir um mau conselho". "Os erros podem ser ignorados ou servirem como aprendizado. Eu aprendi com este. Quero pedir desculpas publicamente aos meus fãs e a todos os que confiam em mim", disse.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O espanhol ressaltou que deseja esquecer o episódio o quanto antes e se preparar para o Mundial de MotoGP, que começa neste domingo, no circuito de Losail, em Doha, Catar. "Agora, quero olhar para frente. Sou piloto de motos, e o Mundial começa neste fim de semana, no Catar, e quero focar, única e exclusivamente, na corrida de domingo. Tive uma lição com este erro e desejo deixar este assunto no passado. Quero me concentrar nesta temporada com a máxima motivação", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.