Piloto ficou satisfeito por ter conseguido completar o GP da Itália ao voltar de contusão

Após ficar três etapas longe das pistas de MotoGP , o espanhol Dani Pedrosa voltou a correr no GP da Itália , no último fim de semana. Oitavo na corrida de Mugello, Pedrosa está otimista de que poderá voltar ao topo da categoria.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Historicamente, quando eu tentava voltar a correr depois de uma lesão, não conseguia terminar a corrida, e eu consegui (na Itália). Eu vejo que mesmo estando de fora por um período longo, eu não perdi velocidade, então tenho certeza que estarei de volta ao topo quando minha condição física melhorar", disse o piloto.

Pedrosa sofreu um acidente no GP da França , em maio deste ano, fraturou a clavícula direita e passou por duas cirurgias no período de recuperação. Em Mugello, o espanhol surpreendeu ao completar a prova, uma vez que o circuito italiano é um dos mais exigentes e o piloto ainda enfrentava problemas na embreagem.

"Estou extremamente cansado agora, eu dei tudo o que tinha e conseguir a oitava posição e oito pontos nas minhas condições, junto a este problema de embreagem, é um resultado bem bom na minha opinião", acrescentou Pedrosa.

Apesar do cansaço da prova de domingo, o espanhol voltou à pista de Mugello nesta segunda-feira, para a realização de testes. Pedrosa fez 26 voltas e terminou com o sexto melhor tempo, 1min49s015. A próxima etapa da MotoGP será em Sachsering (Alemanha), no dia 17 de julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.