Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Em prova de erros e acidentes, Pedrosa vence em Motegi

Espanhol ocupa a quarta colocação na temporada. Líder do campeonato, Stoner foi terceiro no Japão

Gazeta* |

O Grande Prêmio do Japão de MotoGP foi mais movimentado e surpreendente do que os fãs, pilotos e equipes esperavam. Uma colisão logo na segunda curva tirou Valentino Rossi da prova, e erros de pilotagem de Casey Stoner e Andrea Dovizioso fizeram a vitória praticamente cair no colo do espanhol Dani Pedrosa, que viu o compatriota Jorge Lorenzo chegar em segundo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A primeira batida da corrida foi justamente do heptacampeão da categoria. Rossi tentou ultrapassar o desafeto Lorenzo e acabou tocando o rival, perdendo o controle da sua moto e acertando Spies. O novo piloto da Yamaha conseguiu sair da rota de colisão por fora da pista e se manter sobre sua moto, mas Valentino caiu e deslizou para fora da pista, abandonando a prova.

O ocorrido fez Stoner deslanchar na ponta e chegar a abrir mais de um segundo de vantagem, mas somente até a quarta volta, quando ele errou o ponto de freada e acabou saindo da pista. Dovizioso, que havia ultrapassado Pedrosa, ficou com a liderança, enquanto o australiano voltou apenas na sétima colocação.

Apesar de ascender ao primeiro lugar, Dovizioso foi flagrado por queimar a largada e foi punido com um drive-through - a exemplo de Marco Simoncelli, da Gresini, e Cal Crutchlow, da Tech 3 Yamaha. Assim, a briga pela ponta ficou para Pedrosa - que herdou a primeira posição - e Lorenzo, com as posições dos dois espanhóis se mantendo até o final. Stoner ficou em terceiro, seguido de Simoncelli e Dovizioso.

Seis pilotos não completaram a prova. Além de Valentino Rossi, o campeão da Moto2 Toni Elías fazia a sua melhor apresentação na divisão principal da motovelocidade, chegando à sexta colocação a sete voltas do final, mas o piloto espanhol da LCR Honda abandonou a prova por problemas em sua moto.

Outro piloto ibérico, Hector Barberá sofreu uma fratura na clavícula. Na volta 2, ele caiu após errar na curva 12 e ficou no chão por alguns instantes, sendo socorrido e levado a um hospital. Os exames confirmaram apenas a lesão no ombro, mas ele deverá ficar em observação por pelo menos 24 horas.

Foi a terceira vitória de Dani Pedrosa no campeonato de 2011. De fora por algumas corridas em virtude de fraturas nas duas clavículas, ele é apenas o quarto colocado na tabela, com 195 pontos - um a menos que Dovizioso. Casey Stoner segue líder com folga, com 300 pontos - 40 à frente de Lorenzo. A próxima etapa da MotoGP será o GP da Austrália, dentro de duas semanas.

Resultados do Grande Prêmio do Japão:

1. Dani Pedrosa (ESP/Honda) - 42min47s481
2. Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha) - a 7s299
3. Casey Stoner (AUS/Honda) - a 18s380
4. Marco Simoncelli (ITA/Honda) - a 23s550
5. Andrea Dovizioso (ITA/Honda) - a 23s691
6. Ben Spies (EUA/Yamaha) - a 37s604
7. Nicky Hayden (EUA/Ducati) - a 39s167
8. Colin Edwards (EUA/Yamaha) - a 45s023
9. Hiroshi Aoyama (JAP/Honda) - a 49s074
10. Randy de Puniet (FRA/Ducati) - a 59s022
11. Cal Crutchlow (GBR/Yamaha) - a 1min13s964
12. Kousuke Akiyoshi (JAP/Honda) - a 1min21s709
13. Shinichi Itoh (JAP/Honda) - a 1min26s381
Não completaram: Valentino Rossi, Héctor Barberá, Damian Cudlin, Álvaro Bautista, Toni Elías

Classificação do Mundial (após 15 etapas):

1. Casey Stoner (AUS/Honda) - 300 pontos
2. Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha) - 260
3. Andrea Dovizioso (ITA/Honda) - 196
4. Dani Pedrosa (ESP/Honda) - 195
5. Ben Spies (EUA/Yamaha) - 156
6. Valentino Rossi (ITA/Ducati) - 139
7. Nicky Hayden (EUA/Ducati) - 123
8. Marco Simoncelli (ITA/Honda) - 119
9. Colin Edwards (EUA/Yamaha) - 98
10. Hiroshi Aoyama (JAP/Honda) - 94
11. Héctor Barberá (ESP/Ducati) - 77
12. Álvaro Bautista (ESP/Suzuki) - 67
13. Cal Crutchlow (GBR/Yamaha) - 57
14. Karel Abraham (TCH/Ducati) - 50
15. Toni Elías (ESP/Honda) - 47
16. Randy de Puniet (FRA/Ducati) - 39
17. Loris Capirossi (ITA/Ducati) - 29
18. Kousuke Akiyoshi (JAP/Honda) - 7
19. John Hopkins (EUA/Suzuki) - 6
20. Shinichi Itoh (JAP/Honda) - 3

* Com informações da AFP

Leia tudo sobre: Dani PedrosaHondaMotoGP

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG