Piloto da MotoGP foi detido pela Guarda Civil de Valência no último sábado

O piloto espanhol Dani Pedrosa, que compete na MotoGP , foi preso no último sábado (31), em Valência, por tentativa de fraude no exame para obtenção de habilitação náutica.

Leia também: Homem morre durante protesto contra realização do GP do Bahrein

Segundo o jornal espanhol Marca , Pedrosa foi umas das 21 pessoas detidas pela Guarda Civil valenciana por fazer parte de um suposto esquema de compra de licença para conduzir iate. O piloto foi preso em flagrante enquanto realizava o exame, mas foi liberado após prestar depoimento. Ele aguarda em liberdade o resultado da investigação, que corre em segredo de Justiça.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O espanhol participava do esquema que teria como base uma escola náutica com sede em Valência, que usava um sistema sofisticado para enviar as respostas certas do exame de habilitação para os candidatos que haviam pagado previamente entre 2000 e 2500 euros.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

A temporada 2012 da MotoGP tem início neste fim de semana, com a etapa do Qatar. Pedrosa está em seu sétimo ano na categoria e já foi duas vezes vice-campeão com a Honda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.