Tamanho do texto

Australiano completou a temporada em que foi campeão em grande estilo

selo

Em um final de prova emocionante, o australiano Casey Stoner confirmou seu favoritismo neste domingo (6) e coroou seu título antecipado com uma vitória na última etapa da temporada da MotoGP , no circuito de Valência. Stoner somou mais um triunfo no ano ao fazer uma incrível ultrapassagem sobre o norte-americano Ben Spies quando os dois cruzavam a linha de chegada. O italiano Andrea Dovizioso completou o pódio.

Leia também: Ídolo de Simoncelli comanda homenagem ao italiano em Valência

Campeão por antecipação, Stoner terminou a temporada na liderança disparada da MotoGP, com 350 pontos, noventa pontos a mais que o segundo colocado, o espanhol Jorge Lorenzo, campeão no ano passado.

A última corrida do ano foi precedida de homenagens ao italiano Marco Simoncelli , morto em acidente durante o GP da Malásia, há duas semanas. Antes da largada, o americano Kevin Schwantz, campeão do mundo em 1993, e ídolo de Simoncelli, pilotou a moto do italiano pela última vez em uma volta no circuito espanhol.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Os pilotos das três categorias do Mundial de Motovelocidade também se reuniram no grid para homenagear o italiano com um "minuto de barulho", que na verdade durou 58 segundos, em uma referência ao número da moto de Simoncelli. Em seguida, a organização da prova soltou fogos de artifício, diante de uma grande faixa com a foto do italiano.

Na prova, a largada em Valência foi tumultuada. Um acidente, causado por Álvaro Bautista, tirou da prova outros três pilotos de uma vez só. Bautista derrapou logo após a saída e derrubou Valentino Rossi, Nicky Hayden e Randy De Puniet. Com o incidente, Rossi terminou a temporada sem vencer sequer uma corrida em 2011.

Depois do susto, Stoner disparou na liderança e chegou a abrir nove segundos para o segundo colocado. A única boa disputa da prova parecia estar restrita ao duelo entre Dani Pedrosa e Andrea Dovizioso pelo segundo lugar.

No entanto, Ben Spies se reabilitou na prova, a cinco voltas do fim, e passou a ameaçar Stoner. Com forte ritmo, o americano obteve a ultrapassagem quando faltavam três voltas para a bandeirada. Contudo, foi surpreendido por Stoner na linha de chegada e teve que se contentar com o segundo lugar no pódio.

A etapa de Valência marcou a despedida do veterano Loris Capirossi. Aos 38 anos, o italiano terminou a prova na nona colocação. Ele correu com o número 58 em sua moto, no lugar do tradicional 65, em homenagem a Simoncelli.

Outros campeões do domingo

O espanhol Nicolás Terol faturou o título mundial das 125 cilindradas neste domingo ao chegar na segunda colocação da etapa de Valência. A prova foi vencida pelo compatriota Maverick Viñales. Na Moto2 (250 cilindradas), o alemão Stefan Bradl se sagrou campeão, mesmo sem completar a prova. Ele contou com a ausência do rival espanhol Marc Márquez, que ficou de fora por conta de problemas de visão, para assegurar o título.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.