Piloto da Ducati estava a 355 km/h quando se acidentou sozinho. Diretor da escuderia tranquilizou fãs: "Situação menos grave do que aparentava"

Momentos de tensão nos treinos da MotoGP . O piloto italiano de MotoGP Michele Pirro , da Ducati, sofreu um grave acidente durante a segunda sessão de ensaios livres em Mugello, na Itália, nesta sexta-feira, enquanto estava a 355 km/h e foi internado com múltiplos traumatismos.

Leia também: Vídeo: piloto cai, é atropelado e morre em prova de automobilismo

O piloto italiano de MotoGP Michele Pirro, da Ducati, sofreu um grave acidente em treino
Reprodução
O piloto italiano de MotoGP Michele Pirro, da Ducati, sofreu um grave acidente em treino

Pirro passou por exames no Hospital Careggi, em Florença, mas está consciente, e seu estado não é grave. O piloto caiu sozinho enquanto percorria uma reta em alta velocidade e foi lançado para a área de escape. Os treinos foram imediatamente interrompidos para permitir a atuação da equipe de socorro.

"Quando vi as primeiras imagens e vi Pirro na terra sem sentidos, tive muito medo. Ainda bem que ele não tocou a mureta lateral", declarou o também italiano Valentino Rossi, que cobrou a discussão do acidente na comissão de segurança.

Assista ao acidente

Leia também: Ex-jogador da Premier League morre em acidente de carro na Inglaterra

Comunicado

A fabricante dos freios, Brembro, emitiu um comunicado que explica o trecho do acidente:

"Não é um circuito particularmente exigente para o sistema de frenagem, com exceção da primeira curva após a linha de chegada, que é muito difícil, pois é de alta velocidade, que o competidor atinge graças ao trecho de reta anterior, o maior do mundial. Aqui, os pilotos vão, em pouco mais de 5s, de 350 km/h para uma velocidade de aproximadamente 90 km/h. As outras freadas não são muito exigentes e permitem que o sistema de frenagem esfrie".

Leia também: Acidente com ônibus de time de hóquei do Canadá deixa 14 mortos

O diretor-esportivo da Ducati, concedeu entrevista ao canal Movistar e tranquilizou os fãs do piloto : "A situação é menos grave do que aparentava. Michele nos reconhece e consegue falar. Não se lembra de nada do acidente, move as pernas e braços, mas pode ser que tenha um problema no ombro".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.