Dakar volta atrás em decisão e pune Carlos Sainz em 21 minutos novamente

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Piloto espanhol havia sido considerado vencedor da segunda etapa, mas organização reviu a decisão

Carlos Sainz voltou a ser punido pela organização do Rally Dakar. Depois de perder 21min26s do tempo de sua segunda especial da competição, o espanhol pediu uma revisão e havia sido considerado o vencedor do domingo. Nesta terça-feira (8), porém, a decisão foi alterada.

Leia também: Despres lidera nas motos após terceiro dia de Dakar

Em comunicado oficial, a organização afirmou que em uma análise mais aprofundada percebeu que a perda de tempo de Sainz não foi causada por um erro do Dakar, e que o GPS do carro do espanhol estava funcionando, mas não foi utilizado corretamente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O espanhol, que estava em quinto no geral após o terceiro dia de competições, acabou caindo para décimo, enquanto Stéphane Peterhansel segue líder. “A organização decidiu nos punir em 21 minutos. Uma vergonha que dá vontade de pegar as malas e ir embora”, explicou. A quarta etapa do Dakar acontece nesta terça-feira, entre as cidades peruanas de Nazca e Arequipa.

Getty Images
Carlos Sainz foi punido pelo Dakar


Leia tudo sobre: Rally DakarCarlos Sainz

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas