Tamanho do texto

Brasileiro teve pior tempo entre os seis que foram à pista, mas gostou da adaptação

selo

Com seu futuro indefinido, Rubens Barrichello realizou nova sessão de testes na Indycar , pela equipe KV, dessa vez no circuito misto de Infineon, em Sonoma, na Califórnia. O brasileiro, porém, enfrentou dificuldades de adaptação e registrou o pior tempo entre os seis pilotos que participaram da atividade no sábado.

Leia também: Para Rubinho, seu tempo na F1 não acabou

Barrichello deu 59 voltas e marcou o tempo de 1min18s91 no seu melhor giro. "Este (teste) foi mais difícil do que em Sebring ( onde realizou o seu primeiro teste na Fórmula Indy ). Levei mais tempo (para aprender), obviamente. Ainda estou me adaptando a tudo, mas acho que meu dia foi muito bom", disse o brasileiro, em entrevista ao site do canal de TV Speed .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A atividade em Sonoma foi dominada pelos pilotos australianos da Penske, que foram os únicos que conseguiram registrar voltas em menos de 1min18. Ryan Briscoe terminou em primeiro lugar, com 1min17s49, 34 centésimos de segundo à frente de Will Power.

Os testes da Fórmula Indy prosseguem neste domingo. Barrichello voltará a pilotar pela KV, mas dessa vez por menos tempo, já que o brasileiro Tony Kanaan também participará dos treinos.