Alex Tagliani é o pole até o momento. O melhor brasileiro no grid é Vitor Meira, com 11º tempo

Perto do fim da primeira fase do treino classificatório para as 500 Milhas de Indianápolis, o famoso circuito foi atingido por uma forte chuva na tarde deste sábado (20), o que provocou a interrupção momentaneamente das atividades, que visam definir as primeiras 24 posições do grid de largada. E é Alex Tagliani quem detém até o momento o melhor tempo e, portanto, a maior chance de ficar com a colocação de honra para a mais tradicional prova do calendário da Indy, marcada para a semana que vem.

Siga o iG automobilismo no Twitter

O canadense da Sam Schmidt foi apenas o quarto a entrar na pista para tentar a classificação e, obedecendo ao ótimo desempenho dos últimos treinos, logo pulou para o topo da lista de tempos. Scott Dixon também mostrou toda a força da Ganassi em ovais e, embora tenha entrado na parte final, se garantiu em uma confortável segunda colocação, tendo logo atrás o companheiro de equipe e atual campeão das 500 Milhas, Dario Franchitti.

Dan Wheldon colocou a equipe de Bryan Herta na quarta posição. Townsend Bell, com o segundo carro de Sam Schmidt, confirmou o bom acerto do time e assegurou o quinto posto. Ed Carpenter também foi bem e pôs o time de Sarah Fisher em sexto. Curiosamente, Will Power é o melhor representante da Penske até o momento. O líder do campeonato conseguiu um ótimo e seguro sétimo lugar, à frente de Oriol Servià e Buddy Rice, da forte Panther.

Takuma Sato foi o melhor da KV com a décima melhor marca da classificação. Já Vitor Meira acabou sendo o mais rápido entre os brasileiros. O piloto obteve um desempenho muito competitivo e botou a Foyt na 11ª colocação, trazendo junto JR Hildebrand, também da Panther. James Hinchcliffe, Bertrand Baguette e Davey Hamilton completaram os 15 primeiros. Pole no ano passado, Helio Castroneves obteve apenas o 16° tempo. John Andretti, Ernesto Viso e Justin Wilson obtiveram a 17ª, 18ª e 19ª posições, respectivamente.

Jay Howard fechou o top-20. Já Tony Kanaan colocou o último carro da KV em 21°, uma posição à frente de Simona de Silvestro, que conseguiu na terceira tentativa, somente, assegurar vaga entre os 24 melhores, apesar de ter disputado o treino com o carro reserva depois de grave acidente da quinta-feira. Paul Tracy e Charlie Kimball completaram os classificados provisórios.

Bia Figueiredo, que também optou por nova tentativa, registrou o 25° tempo, enquanto Bruno Junqueira, também em uma segunda vez na pista, subiu para 26°. Raphael Matos terminou em uma perigosa 34ª colocação.

De acordo com direção da Indy, se a pista secasse até as 18h, no horário de Brasília, o treino teria sequência com a disputa da superpole.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.