Piloto conquistou a pole position para a primeira corrida da rodada dupla da Indy no estado

Alex Tagliani provou que a pole position em Indianápolis não foi um acidente de percurso. Nesta sexta-feira (10), o canadense conquistou o direito de largar na frente para a primeira corrida da rodada dupla do Texas ao superar Dario Franchitti.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto da Chip Ganassi havia sido o 19º a tentar a volta rápida, superando o até então hegemônico Will Power. Só que três carros depois, Tagliani foi à pista e baixou o tempo do escocês em 0s04. Assim, a segunda colocação ficou com Franchitti e a terceira com Power, os dois líderes do campeonato.

Takuma Sato foi o último a tentar a pole e acabou sendo recompensado com a quarta colocação no grid do Texas. Em quinto, apareceu Ed Carpenter, da equipe de Sarah Fisher, que faz apenas a segunda corrida na temporada. O melhor brasileiro na classificação acabou sendo Tony Kanaan, o sexto, que chegou a ocupar a pole provisória até a volta de Power.

Scott Dixon levou o segundo carro da Chip Ganassi ao sétimo posto, enquanto o estreante Wade Cunninghan terminou em oitavo. Apesar do neozelandês fazer apenas a primeira prova da carreira na categoria, ele conta com um equipamento vencedor. Isso porque, mesmo correndo para a Sam Schmidt, o piloto de 26 anos está com o chassi que foi usado por Dan Wheldon na vitória nas 500 Milhas de Indianápolis, há duas semanas . Ryan Briscoe, atual vencedor da etapa texana, e Danica Patrick completaram os dez primeiros.

Vitor Meira obteve a 12ª colocação, um posto na frente do compatriota Helio Castroneves. Bia Figueiredo, mesmo de engenheiro novo, foi somente a 24ª, embora tenha superado o companheiro de equipe Justin Wilson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.