Maior parte da operação feita para o Grande Prêmio será mantida nesta segunda-feira

Divulgação
Everaldo Dourado Júnior, diretor de eventos da SPTuris, durante entrevista coletiva
Everaldo Dourado Júnior, diretor de eventos da SPTuris, explicou neste domingo (1º) como vai ser a operação da cidade na segunda-feira (2), dia em que a São Paulo Indy 300 será finalizada. A maior parte da operação será mantida, com exceção das linhas especiais de ônibus que saíram das estações Barra Funda e Tietê do metrô e do Aeroporto de Congonhas.

“Essas linhas especiais são tecnicamente impossíveis de serem mantidas por ser uma segunda-feira. Por isso, há um incremento das linhas que atendem à região, promovido pela SPTrans”, disse o dirigente, garantindo que o trabalho da Polícia Militar e da CET serão mantidos.

Com isso, os estacionamentos, os locais de acesso ao público e aos profissionais credenciados e o rodízio serão mantidos normalmente durante esta segunda-feira.

O representante da SPTuris afirmou que o cancelamento da prova não seria uma alternativa interessante para a cidade de São Paulo. “Evidentemente que, quando assumimos um evento desses, temos de estar cientes das possibilidades. O regulamento da Indy prevê isso, com chuva é possível a transferência da prova para o dia seguinte”, completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.