Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Segunda corrida no Brasil não empolga atual campeão da Indy

Dario Franchitti vê com ressalvas nova prova na cidade de Porto Alegre

Gazeta |

Divulgação
Dario Franchitti em entrevista coletiva da Indy 300
Na semana em que a Fórmula Indy desembarcou na capital paulista, a Prefeitura de Porto Alegre e os representantes da categoria passaram a estudar a hipótese de promover uma corrida na cidade gaúcha. A possibilidade de o Brasil ganhar uma segunda data no calendário não empolga o escocês Dario Franchitti, atual campeão.

"Nós adoramos correr no Brasil. Temos muitos fãs aqui por causa dos pilotos brasileiros. Mas precisamos ter cuidado, porque é difícil internacionalizar muito e ficar longe dos patrocinadores americanos. Precisamos tentar balancear", afirmou o piloto da Ganassi.

O calendário da Fórmula Indy é composto por 17 etapas, das quais 13 são realizadas nos Estados Unidos. O Brasil e o Japão recebem uma corrida cada um, enquanto o Canadá abriga mais duas provas. O evento em Porto Alegre seria realizado no mês de setembro.

O australiano Will Power, ganhador da etapa de São Paulo em 2010, também foi reticente ao comentar o assunto. "O Brasil é bom, porque, pelo fuso horário, os espectadores nos Estados Unidos não precisam acordar de madrugada para ver a prova. Mas o Dario tem razão. Muitos dos nossos patrocinadores têm base nos Estados Unidos", observou o piloto da Penske.

Já Mike Conway, da Andretti, aprova a ideia de internacionalizar a Indy. "É uma questão de ampliar os horizontes e aumentar os fãs. Acho que isso é bom, fazer a Indy crescer o máximo possível", afirmou o britânico, que ganhou pela primeira vez na carreira em Long Beach.

 

Leia tudo sobre: PossívelsegundacorridaBrasilempolgaatualcampeãogenet

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG