Tamanho do texto

Piloto morreu neste domingo após grave acidente na etapa de Las Vegas da IndyCar

A morte do britânico Dan Wheldon após o acidente forte sofrido neste domingo (16) durante a etapa de Las Vegas da IndyCar chocou o mundo do automobilismo. O ex-piloto Emerson Fittipaldi, companheiros do britânico no automobilismo norte-americano e equipes da categoria prestaram, pela internet, homenagens ao piloto.

Leia também: Morre Dan Wheldon, piloto da Indy, após acidente em Las Vegas

A prova em Las Vegas foi cancelada , mas os pilotos voltaram à pista para dar cinco voltas em homenagem ao britânico, bicampeão das 500 Milhas de Indianápolis e campeão do Mundial da Indy em 2005. "Dia muito triste! Duas vezes campeão da Indy 500, um grande campeão. Todas as minhas condolências e amor à família de Dan Wheldon da família Fittipaldi", escreveu Emerson em seu Twitter. "Já vi muitos bons homens e corredores nos deixarem prematuramente, é uma parte infeliz do nosso esporte", completou.

Tony Kanaan, que liderava o Grande Prêmio de Las Vegas quando o acidente ocorreu, também lamentou o ocorrido. "Sem palavras para descrever o aperto no coração. Vai com Deus meu amigo, te vejo do outro lado", disse.

Já a norte-americana Danica Patrick, que disputava sua última prova pela Indy antes de se transferir para a Nascar, utilizou o microblog para dar forças à esposa e aos filhos do bicampeão da Indy. "Não há palavras para mim hoje. Eu e tantos outros estávamos devastados. Rezo por Suzi e as crianças e que Deus dê força a eles".

Em seu site oficial, a equipe Andretti, em que Dan Wheldon corria quando conquistou pela primeira vez as 500 Milhas de Indianápolis, também prestou homenagens ao piloto britânico, de 33 anos de idade.

"Dan trouxe entusiasmo e paixão ao esporte que não é visto sempre no automobilismo. Lembraremos dele pelas grandes conquistas com o nosso time e por sua personalidade marcante", diz o comunicado emitido pelo time.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.