Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Feliz por vitória na Indy, Power só lamenta público ruim

Com estratégia conservadora, o australiano Will Power superou o japonês Takuma Sato para vencer a São Paulo Indy 300

AE |

O australiano Will Power precisou superar um toque no muro nas primeiras voltas e uma ultrapassagem do japonês Takuma Sato para vencer a etapa de São Paulo da Fórmula Indy com uma estratégia conservadora. Pole position da corrida, o piloto da Penske conquistou a sua segunda vitória em duas edições da prova, e só lamentou o público reduzido no circuito de rua do Anhembi nesta segunda-feira.

Siga o iG Automobilismo no Twitter
.

A prova foi concluída após ser interrompida e adiada por causa da chuva. "Fico desapontado pelos fãs porque o trabalho foi muito bem feito. Foi meio solitário o pódio comparado com o ano passado, com o público indo ao delírio", afirmou o australiano, que, para vencer, foi cauteloso para não cometer erros.

"Foi um dia sensacional para nós, tive um problema logo no começo na direção, mas não me afetou. Só esperava que o carro não quebrasse", disse. "A gente estabeleceu a estratégia, os carros da Penske são sempre bons", completou. "O carro estava bom, optamos por uma estratégia conservadora porque o Dario (Franchitti) já estava nos boxes e estávamos em bandeira amarela", explicou.

Ultrapassado por Sato durante a prova, Power venceu porque o japonês precisou realizar um pit stop nas voltas finais da corrida. "Ele foi agressivo e eu fui conservador, ele foi bem. Estava tentando sair sem cometer erros, a equipe me informou de quem iria parar nos boxes", comentou.

O australiano garantiu que o toque no muro nas voltas iniciais da continuidade da prova nesta segunda-feira não atrapalhou o seu desempenho. "A suspensão traseira danificou, mas foi possível gerenciar esses problemas. Me concentrei, esqueci isso e me adaptei", disse.

Líder do campeonato com 168 pontos, Power agora se concentrará nas 500 Milhas de Indianápolis, e não se vê como favorito por conta da sua excelente fase. "Não tem relação nenhuma. Foi um bom começo de campeonato, mas Indianápolis é uma corrida à parte", concluiu.

Leia tudo sobre: SP Indy 300

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG