Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Castroneves vence, e Rubinho é 17º na primeira etapa da Indy 2012

Brasileiro da Penske faz ótima prova e ganha com tranquilidade. Barrichello tem estreia sem brilho

iG São Paulo |

No dia da estreia de Rubens Barrichello na IndyCar, quem brilhou foi Helio Castroneves. O brasileiro da Penske venceu a prova em São Petersburgo, na Flórida, neste domingo (25), após largar na quinta posição. Scott Dixon ficou em segundo, e Ryan Hunter-Reay, em terceiro. Barrichello terminou na 17ª posição. E Tony Kanaan, companheiro de Rubinho na KV Racing, abandonou a corrida com problemas na bateria do carro.

Leia também: Com Rubinho, Indy tenta reviver grandes momentos

A largada da corrida em São Petersburgo foi limpa, sem acidentes, e com poucas mudanças de posição. Will Power, que largou na pole position, manteve a primeira colocação. Dentre os brasileiros, Rubinho continuou em 13º, Helio Castroneves caiu de quinto para sexto e Tony Kanaan subiu uma posição, e foi para sétimo.

Até a 13ª volta, a prova não teve grandes emoções. Foi quando aconteceu a primeira bandeira amarela, por conta de uma falha no carro de Katherine Legge, que fez a piloto parar no meio da pista, na reta dos boxes.

Getty Images
Rubens Barrichello em São Petersburgo

O safety car deixou a pista na volta 18 e a relargada aconteceu sem maiores problemas. Mas, duas voltas depois, uma batida de James Jakes fez surgir uma nova bandeira amarela. Durante esta segunda bandeira amarela, o carro de Kanaan, com problemas na bateria, ficou parado no meio da pista e o baiano teve de abandonar a prova. Quem também teve problemas durante a paralisação foi Simona de Silvestro.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Quando a bandeira verde apareceu de novo na corrida, na 29ª volta, o líder da prova era Scott Dixon, seguido por Ryan Hunter-Reay e Castroneves. Barrichello reiniciou em 21º. Pouco depois, com a parada de Hunter-Reay nos boxes, Dixon e Helinho passaram a brigar pela liderança, até que ambos foram para o pit também, e Takuma Sato assumiu a ponta.

No 46º giro, Castroneves tocou a traseira do carro de Ed Carpenter e fez com que o americano rodasse na reta dos boxes, o que provocou nova bandeira amarela. A terceira da corrida. Por conta da nova parada, vários pilotos foram para os boxes e, no momento da bandeira verde, na 50ª volta, o líder era Scott Dixon.

Siga o iG Automobilismo no Twitter


Mas a liderança não durou muito tempo. Primeiro James Hinchcliffe foi para o topo e, faltando pouco menos de 30 voltas para o final da corrida, Castroneves assumiu a primeira colocação para não mais perdê-la. Em segundo lugar ficou com Dixon. Hunter-Reay completou o pódio. Barrichello, em sua estreia, terminou na 17ª colocação.

A próxima etapa da temporada da Indy acontece já no fim de semana que vem, no Alabama.

Getty Images
Helio Castroneves comemora vitória em São Petersburgo

Confira como ficou a classificação final da prova da Indy em São Petersburgo:

1º. Hélio Castroneves
2º. Scott Dixon
3º. Ryan Hunter-Reay
4º. James Hinchcliffe
5º. Ryan Briscoe
6º. Simon Pagenaud
7º. Will Power
8º. Ernesto Viso
9º. Charlie Kimball
10º. Justin Wilson
11º. Josef Newgarden
12º. Graham Rahal
13º. Dario Franchitti
14º. Marco Andretti
15º. Alex Tagliani
16º. Oriol Servià
17º. Rubens Barrichello
18º. Ed Carpenter
19º. JR Hildebrand

Abandonaram

20º. Mike Conway
21º. Sébastien Bourdais
22º. Takuma Sato
23º. Katherine Legge
24º. Simona de Silvestro
25º. Tony Kanaan
26º. James Jakes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG