Rubinho não gostou do toque que recebeu de Castroneves na última volta da corrida em Long Beach

O namoro entre Rubens Barrichello e a Indy já não é dos mais apaixonados. Depois de três corridas, o piloto brasileiro reclamou dos companheiros de pista, sobretudo de outro brasileiro, Helio Castroneves.

Leia também: Will Power fica com a vitória em Long Beach. Barrichello é nono

No domingo (15), Rubinho fazia uma ótima prova de recuperação, chegando a ficar algumas voltas na terceira colocação depois de largar em 22º, mas foi tocado por Castroneves no último giro. Os dois carros ficaram atravessados na pista de Long Beach e impediram os pilotos atrás deles de cruzar a linha de chegada. Mesmo sem completar a corrida, a organização decidiu deixar Barrichello na nona colocação. Castroneves, porém, foi punido com 30s, terminando em 13º.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Após o final da prova, Rubinho não poupou os adversários: “Honestamente, tinha uma boa corrida hoje. Só gostaria que as pessoas tivessem mais respeito umas com as outras na pista. Fui atingido por todos os lados do meu carro”.

Com o resultado, Castroneves perdeu a liderança do campeonato para o vencedor da prova, Will Power. Mais tarde, em sua conta no Twitter, o brasileiro da Penske lamentou seu desempenho e pediu desculpas a Rubinho. “Super frustrante o dia hoje em todos os sentidos, foi mal @rubarrichello”, postou. Mais calmo, Barrichello respondeu em seguida: “Faz parte mano, #TamoJunto”.

Estreante na Indy nesta temporada , após 19 anos na Fórmula 1, Rubinho aparece em nono na classificação do campeonato, à frente de seu amigo e companheiro de equipe, Tony Kanaan. Nas duas primeiras provas de 2012, Barrichello teve como melhor resultado o oitavo lugar no GP do Alabama. Na corrida anterior, em São Petersburgo, o brasileiro foi apenas o 17º colocado.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

Apesar da frustração em Long Beach, Rubinho ainda mostra empolgação com sua nova categoria. “Tirando o incidente, me diverti hoje. Começar tão atrás no grid e terminar mais uma vez no top 10 mostra que estou melhorando cada vez mais. Espero que consiga meu melhor resultado daqui a duas semanas, no Brasil”, declarou o piloto após a prova em Long Beach.

Sem vaga no grid da Fórmula 1 neste ano, Rubinho tem o apoio dos fãs para voltar à principal categoria do automobilismo mundial. Em uma enquete realizada pela revista italiana Autosprint , ele foi o favorito do público para substituir Felipe Massa na Ferrari no meio da atual temporada. O iG repetiu a enquete e Rubinho também foi o mais votado pelos leitores .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.