Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Grosjean aproveita erro de Bianchi e vence prova 2 em Nurburgring

Piloto francês conquistou sua quarta vitória nesta temporada

Warm Up |

Romain Grosjean venceu a segunda corrida da GP2 em Nurburgring, Alemanha, neste domingo (24). E foi nos últimos instantes. Faltando pouco mais de um minuto para o fim do tempo máximo da prova, Jules Bianchi, então líder, errou e cedeu a primeira posição para o francês, que conquistou a quarta vitória da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Foi a oitava vez que Grosjean ganhou uma prova na GP2. Neste campeonato, o piloto apadrinhado pela Gravity, empresa que agencia pilotos e é ligada à Renault, já levou mais vitórias do que em 2009, ano que o levou à F1 pela equipe francesa.

A chuva fez com que os pilotos ficassem obrigados a correr com pneus de pista molhada. Sam Bird, que largou em primeiro, pulou à frente, enquanto Dani Clos, segundo, dividiu a primeira curva com Giedo van der Garde, terceiro. Os dois avançaram à grama, tocaram-se e abandonaram já na terceira curva.

Bird, aliás, também fez a sua trapalhada. O piloto da iSport vinha tranquilo na liderança quando rodou sozinho na segunda volta, cedendo a liderança a Bianchi. Àquele momento, Charles Pic vinha em terceiro, com Esteban Gutiérrez em quarto e Luca Filippi em quinto.

A secagem gradual da pista fez com que as equipes se colocassem em um dilema: trocar logo os pneus para slicks ou tentar continuar o máximo de tempo possível apostando em um retorno da chuva. A Air Asia fez isso com Luiz Razia, e acabou não dando certo, já que a chuva não voltou. O brasileiro terminou em 14º.

Ao tomar um drive-through, Pic caiu para os patamares inferiores do grid, enquanto Filippi fazia repetidas voltas rápidas. No retorno das paradas de boxe, que não eram obrigatórias pela regra, mas lógicas pelao tempo que fazia em Nürburgring, Bianchi, Grosjean e Filippi voltaram juntos.

Na penúltima volta, Bianchi errou, subestimou a hora da freada e teve de passar por dentro da chicane, o que permitiu a Grosjean dar o bote e encaminhar sua vitória. O erro do francês da Lotus ART — mais um nesta temporada, fez com que Filippi encostasse e também tentasse ultrapassar. Na abertura da última volta, os dois chegaram a se tocar, mas continuaram na prova, com Filippi voltando a terceiro.

Christian Vietoris, que largou apenas na penúltima posição, terminou em quarto, à frente de Adam Carroll e de Max Chilton. Sam Bird completou o rol dos que pontuaram ao acabar na sexta posição.

Leia tudo sobre: Romain GrosjeanGP2

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG