A exemplo de 2011, vários fatores podem distorcer a avaliação dos resultados da pré-temporada da F1

Os melhores tempos da semana em Barcelona apresentados por Kamui Kobayashi , da Sauber, e Pastor Maldonado , da Williams, fizeram o jogo de adivinhações sobre a Fórmula 1 em 2012 ficar confuso. Será que este seria o ano da recuperação das duas equipes? Porém, é preciso tomar cuidado ao analisar os resultados de pré-temporada, que nem sempre dizem muita coisa sobre o real potencial das escuderias.

Leia também: Massa fica em quinto no último teste da semana em Barcelona

Após terem sido realizados em Jerez no início de fevereiro, os testes chegaram à Barcelona, e as expectativas sobre os carros aumentou. Entretanto, como já aconteceu em outros anos na Fórmula 1 , muitas vezes as classificações obtidas na pré-temporada são distorcidas por diversos fatores de dentro e fora das pistas.

Se forem levados totalmente a sério, os resultados de Barcelona indicariam para improváveis favoritismos de Sauber e Williams para a temporada, equipes que não terminaram nem entre as seis primeiras em 2011. Também no ano passado, na primeira semana de testes da pista catalã, os pilotos Felipe Massa, da Ferrari, e Nico Rosberg, da Mercedes, fizeram os melhores tempos. Porém, isso não se refletiu no campeonato, já que terminaram o ano como sexto e sétimo colocados, respectivamente. Além disso, os resultados mostravam Vitaly Petrov, da então equipe Renault, como uma zebra na frente de Sebastian Vettel, que sagrou-se bicampeão com a Red Bull.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Os próprios pilotos sabem que são muitos os fatores que fazem estes testes iniciais não refletirem tanto a realidade. O atual bicampeão Sebastian Vettel é um que afirma que há muito para acontecer até pensarem em resultados concretos. “Neste estágio que estamos com certeza não estamos pensando em resultados para o campeonato. Estamos tentando fazer o que fizemos no último ano, mas ainda há um longo caminho pela frente”.

Kamui Kobayashi, da Sauber, conseguiu o melhor tempo da primeira semana de testes de Barcelona
AP
Kamui Kobayashi, da Sauber, conseguiu o melhor tempo da primeira semana de testes de Barcelona

Outro campeão mundial que admite ser cedo e enganoso acreditar nos testes de pré-temporada é Lewis Hamilton, que já apresenta uma das razões para isto. “Como sempre falamos, não sabemos quanto combustível tem em cada carro e é muito cedo para dizer algo sobre a temporada”.

Além de quanto cada carro pode estar carregando de combustível em suas voltas, outro fator que pode distorcer a análise dos desempenhos é o tipo de pneu utilizado. Os supermacios e macios são mais rápidos do que médios e duros, por exemplo. As equipes favoritas já testaram todos os componentes, mas a grande maioria de voltas cronometradas foi com os compostos médios ou duros, tirando totalmente a base da análise, já que para cada corrida é a Pirelli, fornecedora dos pneus, quem define quais compostos serão usados.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

E claro, podem sempre acontecer outros fatores não técnicos que interferem, como uma equipe tentando esconder o jogo dos seus rivais para não surpreender logo de cara, e outros times menores tentando impressionar no começo para ganhar mais visibilidade, mas isto normalmente acaba sendo desmentido durante a competição.

Sobe e desce de Jerez para Barcelona

Muita mudança aconteceu da primeira semana de testes em Jerez de la Frontera para os treinos de Barcelona, em um período de menos de vinte dias. Em Jerez, duas sessões foram dominadas pela Mercedes do ano passado, com Nico Rosberg e Michael Schumacher. Portanto, nada de comparável até aí. Já com os carros de 2012, os melhores tempos foram de Romain Grosjean, da Lotus, Fernando Alonso, da Ferrari, e Mark Webber, da Red Bull. Em Barcelona, Alonso foi apenas o sétimo melhor, Webber o décimo terceiro, e a Lotus teve problemas no chassi já no primeiro dia e não treinou mais. Já Kobayashi e Maldonado, melhores na Catalunha, foram apenas décimo terceiro e décimo oitavo na classificação geral em Jerez.

Compare tempos e posições dos pilotos na primeira semana de Barcelona, em 2012 e 2011

Testes de Barcelona
2012 2011
1- Kobayashi (Sauber) - 1min22s312 14- 1min24s243
2- Maldonado (Williams) - 1min22s391 12-  1min24s057
3- Hulkenberg (Force India) - 1min22s608  Não testou
4- Pérez (Sauber) - 1min22s648 15- 1min24s515
5- Vettel (Red Bull) - 1min22s891 5- 1min23s515
6- Di Resta (Force India) - 1min23s119 17- 1min25s194
7- Alonso (Ferrari) - 1min23s180 10- 1min23s978
8- Button (McLaren) - 1min23s200 16- 1min24s923
9- Schumacher (Mercedes) - 1min23s384 23- 1min27s079
10- Massa (Ferrari) - 1min23s563 1- 1min22s625
11- Hamilton (McLaren) - 1mins590 9- 1min23s858
12- Ricciardo (Toro Rosso) - 1min23s618 25- 1min28s329
13- Webber (Red Bull) - 1min23s774 3- 1min23s442
14- Vergne (Toro Rosso) - 1min23s792 Não testou
15- Rosberg (Mercedes) - 1min23s843 2- 1min23s168
16- Senna (Williams) - 1min25s711 Não testou
17- Bottas (Williams) - 1min25s783 Não testou
18- Kovalainen (Caterham) - 1min26s035 19- 1min26s421
19- Glock (Marussia) - 1min26s173 21- 1min25s598
20- Petrov (Caterham) - 1min26s448 4- 1min23s463
21- Grosjean (Lotus) - 1min26s809 Não testou
22- Charles Pic (Marussia) - 1min27s343 Não testou


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.