Tamanho do texto

Piloto brasileiro disse que ainda não foi procurado, mas que pretende continuar na escuderia

Os pilotos da Williams não fizeram uma boa prova no Grande Prêmio da Grã-Bretanha , disputado neste domingo (10). Rubens Barrichello terminou a prova em 13º, uma posição à frente de seu companheiro de equipe, Pastor Maldonado. Mesmo assim, após a prova, Adam Parr, diretor-executivo da escuderia, disse que pretende manter os dois pilotos em 2012.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Acho que esse é, de longe, o desfecho mais provável”, disse Parr, em entrevista à revista alemã Autosport .

Ciente da declaração, Rubens Barrichello disse que espera que a Williams entre logo em contato com ele para tratar da renovação.

“Gostaria que ele tivesse dito isso para mim. Ainda não ouvi isso. Quero correr no ano que vem, quero ter um carro competitivo no ano que vem. Tenho trabalhado para a Williams, tenho falado com Mike Coughlan na fábrica e faço parte da organização”, declarou Rubinho, também à Autosport .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.