Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Webber critica o retorno do GP do Bahrein ao calendário deste ano

Piloto australiano da Red Bull disse que a prova deveria ter sido cancelada desde o início do ano

iG São Paulo |

O australiano Mark Webber criticou a decisão da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), que nesta sexta-feira (3) confirmou o retorno do GP do Bahrein ao calendário 2011 da Fórmula 1. O piloto da Red Bull acredita que, apesar da decisão, a corrida ainda corre risco de não acontecer.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Minha opinião é a mesma desde que me perguntaram pela primeira vez, em fevereiro. Mesmo com a decisão tomada, ficarei muito surpreso se o GP do Bahrein acontecer neste ano. Como competidor, não me sinto nem um pouco confortável para correr em um evento no qual, apesar de afirmações contrárias, parece inevitável não causar mais tensão no povo local”, disse Webber, em sua coluna no seu site oficial.

O australiano disse que era a favor do cancelamento imediato da prova, no começo do ano, quando a decisão foi adiada para este mês.

“Em minha opinião, a Fórmula 1 deveria ter adotado uma postura bem mais firme no começo do ano ao invés de ficar constantemente adiando a decisão na esperança de poder remarcar a corrida em 2011. Isso teria mandando uma mensagem clara a respeito da posição da Fórmula 1 a respeito de algo tão fundamental como os direitos humanos”, opinou o piloto da Red Bull.

Leia tudo sobre: Mark WebberRed BullF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG