Piloto largou em quinto e teve chance de vitória na China reduzida após erro da equipe durante troca de pneus

O britânico Jenson Button foi segundo colocado do Grande Prêmio da China  neste domingo (15), mas deixou a prova lamentando um erro da McLaren em seu terceiro pit stop na prova. Um problema na troca de pneus fez com que o piloto perdesse tempo e ficasse sem chance de lutar pela ponta com o alemão Nico Rosberg, vencedor do GP.

Leia também: Após pole inédita, Rosberg conquista sua primeira vitória na F1

"Nós tivemos um problema na parte traseira do carro e eu fiquei lá, acho que por nove ou dez segundos. Foi uma pena porque, quando saí dos boxes, havia quatro carros na minha frente. Carros com quem eu não deveria disputar e aí teria a pista livre para, com sorte, caçar Nico", avaliou Button.

Largando da quinta colocação neste domingo, o britânico fez uma prova segura em Xangai e brigou sempre pelas primeiras colocações da corrida. Depois do erro no pit stop, foi obrigado a traçar seu caminho até a segunda posição, deixando para trás nas últimas voltas o finlandês Kimi Raikkonen, o alemão Sebastian Vettel e o australiano Mark Webber.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Lewis Hamilton, seu companheiro na McLaren, teve missão parecida nas voltas finais e conseguiu a terceira posição, completando o pódio. Campeão do Mundial de 2008, ele lidera a temporada com 45 pontos ganhos, dois a mais do que Button, segundo colocado.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Foi uma grande corrida. Fomos para uma estratégia de três paradas, que foi diferente. Foi realmente uma boa diversão, mesmo com o problema que tivemos, mas estou feliz de voltar para casa em segundo. Foi uma boa luta e, em sua maioria, limpa, o que é bom de ver", afirmou.

Abaixo, veja fotos da corrida na China

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.