Campeão com antecedência em 2011, alemão não acredita em mesmo domínio da equipe no ano que vem

Bicampeão mundial em 2011, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, revelou que não acredita em um domínio da equipe na próxima temporada como o visto ao longo deste ano. Para o piloto, será difícil tanto para ele quanto para a escuderia se manter no topo da Fórmula 1 em 2012.

Leia também: Para Alonso, Vettel ainda tem de provar que é o melhor

Vettel conquistou seu segundo título mundial com 11 vitórias e o recorde absoluto de 15 pole positions . Apesar do rendimento acima do normal em 2011, o alemão descartou a possibilidade de manter o mesmo nível no próximo ano, por conta da evolução das demais equipes.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Será muito difícil repetir. Cometemos poucos erros durante este ano, passamos ele quase inteiro sem problemas. Então, não será fácil. Vamos ter que trabalhar duro. O pessoal vai nos alcançar e será muito apertado, já que foi assim em alguns momentos este ano. Mas estou ansioso por isso e é assim que tudo funciona", explicou Vettel à revista britânica Autosport .

O alemão prevê um próximo campeonato mais acirrado com a melhora de outros times, como, por exemplo, a McLaren. "A competição será mais difícil e já vimos isso, particularmente a McLaren no final do ano foi muito forte com Button e Hamilton. Então, não será um passeio no parque. Mas não acho que foi assim este ano", disse Vettel.

"Com certeza vamos trabalhar muito e tentar melhorar o que tivemos este ano. Será difícil cometermos tão poucos erros, e isso não é fácil quando você se coloca no limite. Mas claro que estamos ansiosos pelo próximo ano", acrescentou o piloto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.