Piloto alemão da Red Bull descartou relaxamento da escuderia nas últimas corridas da temporada

selo

Bicampeão por antecipação, Sebastian Vettel exaltou o desempenho da sua Red Bull neste domingo (30), no Grande Prêmio da Índia , e negou que a equipe vá relaxar nas duas últimas etapas da Fórmula 1 neste ano.

Veja também: Sebastian Vettel lidera de ponta a ponta e vence o GP da Índia

"Não há nenhum sinal de preguiça ou desatenção aos detalhes e acho ótimo ver isso na equipe", comentou o alemão, após vencer a primeira corrida história da F1 em solo indiano. "Tivemos uma corrida tranquila, o carro estava muito bem equilibrado. Estou orgulhoso por ter me tornado o primeiro vencedor na Índia", comemorou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apesar da alegria, Vettel admitiu que não pôde comemorar a vitória como gostaria por conta dos acidentes fatais que atingiram o esporte nas últimas duas semanas. Antes da largada, os pilotos se reuniram em uma roda para um minuto de silêncio em homenagem ao inglês Dan Wheldon e ao italiano Marco Simoncelli , mortos em acidentes na IndyCar e na MotoGP , respectivamente.

"Perdemos dois de nossos colegas. E isso me causou um sentimento confuso hoje. Meus sentimentos estão com eles neste momento", declarou o alemão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.