Felipe Massa larga em sétimo no GP do Brasil. Bruno Senna sai em nono e Rubinho se classifica em 12º

Sebastian Vettel cravou a volta mais rápida do treino classificatório deste sábado (26) para o Grande Prêmio do Brasil. Com o tempo de 1min11s918, o alemão liderou a etapa final do treino e chegou à marca de 15 pole positions na temporada, batendo o recorde histórico de Nigel Mansell – o britânico largou 14 vezes na frente em 1992. Neste domingo, às 14h (de Brasília), acompanhe a corrida no Tempo Real do iG .

Mark Webber larga em segundo, na sétima dobradinha da Red Bull no ano. A segunda fila tem as duas McLarens, com Jenson Button à frente de Lewis Hamilton. Fernando Alonso sai em quinto, seguido por Nico Rosberg, da Mercedes. Felipe Massa larga em sétimo .

Leia também: Lewis Hamilton corre com capacete em homenagem a Ayrton Senna

Bruno Senna conseguiu entrar no top 10 pela quarta vez na temporada e larga em nono, seis posições à frente de seu companheiro de Lotus Renault, Vitaly Petrov. Rubens Barrichello foi bem e ficou muito perto do Q3 – o brasileiro larga em 12º. Confira como foi o classificatório:

Sebastian Vettel conquistou sua 15ª pole position na temporada
Getty Images
Sebastian Vettel conquistou sua 15ª pole position na temporada

Barrichello é o melhor brasileiro no Q1

Com a ameaça de chuva, os pilotos se apressaram para marcar voltas rápidas no Q1. À exceção de Massa, que foi o último a ir para a pista, a 12 minutos do final da primeira etapa.

Com pneus macios, Rubens Barrichello se classificou com tranquilidade para o Q2, ficando à frente dos outros brasileiros, Massa e Senna. Jenson Button foi o mais rápido da sessão, com 1min13s281. Foram eliminados os carros de Team Lotus, Hispania e Virgin, além de Pastor Maldonado, da Williams.

Todos os pilotos fizeram voltas mais rápidas do que o limite de 107% em relação ao melhor tempo do Q1 e poderão alinhar normalmente na corrida de domingo.

Bruno Senna consegue vaga para o Q3. Rubinho é 12º

Logo no início da segunda etapa, Sebastian Vettel bateu o melhor tempo do fim de semana até então . Ele se manteve na liderança até o fim do Q2.

Felipe Massa errou em sua última volta rápida, mas não ameaçou a sua classificação para a disputa da pole position. Bruno Senna também conseguiu tempo para o Q3 – ele largará entre os 10 primeiros pela quarta vez na temporada. O piloto da Lotus Renault ficou bem à frente de seu companheiro de equipe, Vitaly Petrov, que, com o 15º tempo, parou no Q2.

Além dos brasileiros, classificaram-se para a última etapa as Red Bulls, McLarens e Mercedes, além de Fernando Alonso e Adrian Sutil. Rubens Barrichello ficou de fora e largará em 12º .

Sebastian Vettel quebra recorde histórico

Nico Rosberg deu início à disputa pela pole position. Na sua primeira volta, Vettel abaixou ainda mais seu tempo , chegando à marca de 1min12s268. O alemão ainda conseguiu bater esse tempo no último giro - com 1min11s918, ele garantiu a liderança e largará na frente no GP do Brasil.

O bicampeão conquistou sua 15ª pole position na temporada, superando o recorde de Nigel Mansell, que largou 14 vezes na frente em 1992. Webber foi o segundo mais rápido , cravando a dobradinha da Red Bull. As duas McLaren largam na segunda fila, com Button em terceiro e Hamilton em quarto. A terceira fila tem Alonso seguido por Rosberg. Massa é sétimo e Senna larga em nono.

Confira como ficou o grid completo do GP do Brasil:

1 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – 1min11s918
2 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – 1min12s099
3 – Jenson Button (GBR) – McLaren – 1min12s283
4 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – 1min12s480
5 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – 1min12s591
6 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – 1min13s050
7 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – 1min13s068
8 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – 1min13s298
9 – Bruno Senna (BRA) – Lotus Renault – 1min13s761
10 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – Sem tempo no Q3
11 – Paul di Resta (GBR) – Force India – 1min13s584
12 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – 1min13s801
13 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – 1min13s804
14 – Sébastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – 1min13s919
15 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – 1min14s053
16 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – 1min14s129
17 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – 1min14s182
18 – Pastor Maldonado (VEM) – Williams – 1min14s625
19 – Heikki Kovalainen (FIN) – Team Lotus – 1min15s068
20 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – 1min15s358
21 – Vitantonio Liuzzi (ITA) – Hispania – 1min16s631
22 – Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – 1min16s890
23 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) – Virgin – 1min17s019
24 – Timo Glock (ALE) – Virgin – 1min17s060

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.