Tamanho do texto

Alemão ficou satisfeito com a recuperação da Red Bull, que pela primeira vez não largou na pole

Depois de conquistar o bicampeonato mundial na última semana, com a terceira colocação no Grande Prêmio do Japão , o alemão Sebastian Vettel venceu neste domingo (16) o GP da Coreia do Sul e demonstrou satisfação por voltar a subir no lugar mais alto do pódio. Para completar, o resultado deu à Red Bull o bicampeonato do Mundial de Construtores .

Veja também: Brasileiro Átila Abreu relembra sua parceria com Vettel

"Foi muito divertido dirigir. O carro ia ficando mais rápido e mais rápido. É fantástico, depois do título de pilotos na semana passada, neste fim de semana o Mundial de Construtores para o time. Isso é fantástico", disse o alemão de 24 anos de idade.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A prova em Yeongam foi a primeira da temporada em que a Red Bull não largou da pole position, mas isso não impediu Vettel de controlar toda a corrida. Segundo colocado no grid de largada, ele assumiu a ponta ainda na primeira volta, com uma ultrapassagem sobre o britânico Lewis Hamilton.

"Acho que é bom ver que o time inteiro continuou se esforçando. Vir aqui, ter uma sexta-feira dura, uma manhã de sábado complicada e se recuperar no classificatório e na corrida foi fantástico", afirmou o bicampeão mundial, que se surpreendeu com a durabilidade dos pneus na Coreia do Sul.

Ele havia demonstrado preocupação com o desgaste dos compostos após os primeiros treinos livres, mas precisou fazer apenas duas paradas para trocar os pneus na corrida deste domingo.

"No fim, acabamos parando muito menos do que pensávamos. Esperávamos mais degradação, eventualmente ela veio, mas atrasamos a primeira troca e no fim você percebe que não precisamos parar três vezes", explicou Vettel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.