Líder do campeonato teve o terceiro lugar como melhor colocação na Bélgica em sua carreira

Neste domingo (28) acontece o Grande Prêmio da Bélgica em um dos circuitos mais queridos pelos pilotos . No entanto, o líder do campeonato, Sebastian Vettel, declarou que Spa-Francorchamps não é uma das pistas favoritas da Red Bull, apesar de acreditar que o RB7 estará forte para a prova.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Na Fórmula 1 desde 2007, o campeão da última temporada ainda não conseguiu terminar em uma posição mais alta que o terceiro lugar na Bélgica. Ele admitiu que as longas retas de Spa não jogam a favor dos pontos fortes de sua equipe.

"Não é nosso circuito favorito, porque tem muitas retas, mais do que na maioria das outras pistas. Tem algumas curvas também, mas todas no setor 2, o primeiro e o terceiro setores são bem difíceis”, explicou o alemão. "Mas de maneira geral, é uma pista muito boa, então estou ansioso pelo fim de semana. Claro que sabemos que nas últimas corridas não estivemos no topo do nosso potencial, mas acho que entendemos e aprendemos muito, então veremos onde chegamos neste fim de semana”, acrescentou.

Apesar de estar 85 pontos à frente do segundo colocado no Mundial , Vettel não vence há três GPs, com a McLaren e a Ferrari mostrando uma melhora no ritmo. Para o alemão, a principal razão foi a inabilidade da Red Bull em aquecer os pneus rapidamente, uma área em que estão trabalhando bastante.

"Não há segredos a serem revelados. Obviamente as últimas três corridas tiveram condições bem diferentes, especialmente em Nurburgring, que foi uma surpresa com a temperatura tão baixa. Quando está frio, parece que estamos tendo mais dificuldade do que os outros neste ano”, declarou o piloto.

“Então é uma lição de casa básica. Não tem nada de errado com o carro em si, só precisamos tentar elevar a temperatura rápido o suficiente - área em que parece que estamos sofrendo um pouco”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.