Sem tradição na categoria, país passou a ter representante entre as equipes por conta do investimento do empresário

Neste fim de semana, a Fórmula 1 vai à Malásia para a segunda etapa da temporada 2012. O país tem pouca tradição na categoria, ainda assim, vai sediar um GP pela 14ª vez consecutiva, no circuito de Sepang .

Leia também: Rubinho é o mais votado para substituir Massa em enquete italiana

Dos oito países asiáticos presentes no calendário da F1 neste ano, a Malásia é um dos que recebe corridas há mais tempo – desde 1999. O único que lhe supera é o Japão, sede desde 1976, e onde a categoria é muito popular.

Em um país no qual dominam esportes como futebol e badminton, apenas um piloto conseguiu participar ativamente da F1: Alex Yoong. O malaio chegou à principal categoria do automobilismo mundial no final de 2001, pela equipe Minardi. Sem vencer, subir ao pódio ou sequer pontuar em sua passagem pela categoria, Yoong teve como maior feito ter disputado uma prova em casa, em 2002. No entanto, ele não conseguiu completar a corrida e o sonho malaio se encerrou por ali. Nenhum outro piloto do país conseguiu repetir a experiência.

Apesar do histórico quase insignificante de pilotos, a Malásia pode se orgulhar de ter conseguido uma façanha na categoria: é um dos pouquíssimos países que tem uma representante entre as equipes de Fórmula 1. Apesar de ter sede na Inglaterra, a Caterham tem origem e dono malaios. Na F1 desde 2010, quando se chamava Lotus Racing, a escuderia foi fundada pelo ricaço Tony Fernandes, nome mais importante da F1 na Malásia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Apaixonado pelo esporte desde a infância, o empresário busca mudar a história do país no automobilismo. Com 47 anos, Fernandes é um empresário bem-sucedido, dono de uma gigante asiática do ramo da aviação, da Caterham e do Queens Park Rangers, time de futebol inglês, que atualmente disputa a Premier League.

Caterham busca subir para o pelotão intermediário nesta temporada da F1
Getty Images
Caterham busca subir para o pelotão intermediário nesta temporada da F1

Fernandes também investe nas categorias de base do automobilismo. No ano passado, criou uma equipe para competir na GP2 , categoria de acesso à F1, e, em 2012, estreia na World Series com a Caterham, em uma parceria com a Arden.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

Após dois anos na décima colocação do Mundial de Construtores , a Caterham busca nesta temporada subir para o bloco intermediário da classificação, contando com Heikki Kovalainen e Vitaly Petrov. A escuderia também aposta em uma novidade para tentar melhorar seu desempenho: neste ano, seu carro tem pela primeira vez o Kers, sistema de reaproveitamento de energia cinética.

Na prova “em casa” deste domingo (25), a Caterham tenta um feito histórico: conquistar seus primeiros pontos desde que chegou à F1. A tarefa é complicada, mas a torcida malaia estará ao lado dos pilotos da equipe e, principalmente, de Tony Fernandes.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 na Malásia*

Quinta-feira, 22 de março
1º treino livre: 23h

Sexta-feira, 23 de março
2º treino livre: 3h

Sábado, 24 de março
3º treino livre: 2h
Classificatório: 5h

Domingo, 25 de março
Grande Prêmio da Malásia: 5h

* Sempre pelo horário de Brasília

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.