Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Toni Cuquerella assume papel de diretor técnico da HRT

Engenheiro-chefe da equipe ocupa cargo deixado por Geoff Willis em setembro de 2011

Gazeta |

A HRT anunciou nesta segunda-feira (2) que Toni Cuquerella, engenheiro-chefe do time, acumulará a função de diretor técnico da escuderia, cargo que estava vago desde a saída de Geoff Willis, em setembro de 2011.

Leia também: Lotus espera prova sem imprevistos para ser terceira força

"O papel de diretor técnico implica uma grande quantidade de responsabilidade em termos de coordenação e tomada de decisões. Por isso, estou muito orgulhoso que a diretoria me considere a pessoa mais adequada para isso", declarou Cuquerella, em um comunicado emitido pela escuderia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O principal objetivo do novo diretor técnico da HRT é resolver os defeitos do novo carro do time, ainda o pior da Fórmula 1, para que o indiano Narain Karthikeyan e o espanhol Pedro de la Rosa possam brigar em igualdade de condições, ao menos, contra os pilotos da Marussia.

"Minha prioridade é acabar com os problemas do carro para desenvolver seu potencial máximo e também unificar e expandir o departamento técnico, mas estou confiante que temos uma boa base de trabalho com uma direção clara para avançar e um bom projeto para o futuro", avaliou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O chefe da HRT, Luis Pérez-Sala, afirmou que a indicação de Cuquerella para o cargo de diretor técnico faz parte do novo projeto da equipe e tem como intenção controlar todas as funções de criação e desenvolvimento dos carros.

"Toni Cuquerella tem sido uma peça importante desde que entrou no time e, sobretudo, nesse novo estágio. A transição do projeto anterior para o atual não foi fácil e precisou de muito trabalho, que sem figuras vitais como ele não teria sido possível", garantiu o dirigente.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG