Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Team Lotus e Renault podem ter problemas para mudar de nome

Ferrari, Sauber e Hispania solicitaram debate mais aprofundado sobre a alteração

iG São Paulo |

Getty Images
Tony Fernandes, dono da Team Lotus, pretende mudar o nome da sua equipe para Caterham
Depois de brigas judiciais ao longo deste ano envolvendo o Grupo Lotus, que faz sociedade com a Renault nesta temporada, e a Team Lotus, do malaio Tony Fernandes, as escuderias pareciam ter seus nomes definidos para 2012. A Lotus Renault optou por tirar o nome da marca francesa e a equipe de Fernandes, mudar para Caterham. Entretanto, ambas podem ter problemas com relação a essas escolhas, pois, segundo o portal britânico Autosport, Ferrari, Sauber e Hispania pediram um debate sobre o assunto.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Para o nome de uma escuderia ser alterado, a proposta deve passar pela aprovação de 18 dos 26 membros que representam a Comissão de Fórmula 1, composta pelas equipes, Bernie Ecclestone, Jean Todt, patrocinadores e promotores das corridas. De acordo com o Autosport, a aprovação poderia ter sido facilmente resolvida por fax, ainda mais com a indicação recente de que Associação das Equipes de Fórmula 1 (FOTA, na sigla em inglês) não impediria a mudança. No entanto, Ferrari, Sauber e Hispania afirmam que a alteração pode causar danos à imagem da categoria.

Caso seja decidido que Lotus Renault e Team Lotus sejam impedidas de mudar suas nomenclaturas, as duas escuderias terão de manter o título para 2012. Caso as equipes optem por por mudar de nome da mesma maneira, perderão o benefício da receita televisiva da próxima temporada.
 

Leia tudo sobre: Lotus Renaultf1team lotustony fernandesecclestone

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG