Piloto da Force India diz que rendimento na Malásia ficou bem abaixo da expectativa

O piloto Adrian Sutil, da equipe Force India, qualificou seu Grande Prêmio da Malásia deste domingo como uma "vergonha". O alemão largou em 16º e completou a corrida como 11º colocado. Sua estratégia foi modificada após um pit stop forçado no início da prova, após ter tocado a Williams de Rubens Barrichello na primeira volta.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

Sutil, que havia pontuado no GP da Austrália, disse que poderia ter feito uma prova melhor do que a apresentada, pois sua equipe realizou um bom trabalho nos pit stops. “Poderia ter conseguido uma posição superior, o que para mim é uma vergonha”, lamentou o alemão, que acrescentou: “no geral, o final de semana foi decepcionante para mim”.

Piloto da Force India pelo quarto ano consecutivo, Sutil agradeceu o time pela eficiência de desempenho nos boxes. “A equipe fez um ótimo trabalho durante as minhas paradas. Gostaria de agradecê-los por isso”.

O companheiro de Sutil, Paul di Resta, terminou a prova na zona de pontuação pela segunda vez seguida, ao cruzar a linha de chegada em 10º lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.