Tamanho do texto

Brasileiro ainda não tem vaga garantida na Williams em 2012 e pode perder espaço para pilotos mais jovens

Rubens Barrichello está preocupado com o seu futuro na Fórmula 1 . Disputando sua 19ª temporada na categoria, ele revelou que ainda não sabe se permanecerá na Williams em 2012, mas afirmou que o time britânico cometeria um erro caso cedesse sua vaga para um piloto jovem, por causa de patrocinadores.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Rubinho mostrou que deseja continuar na Williams na disputa do próximo Mundial. No entanto, para solucionar problemas financeiros, a equipe estaria disposta a contratar algum piloto mais novo, mas que tenha dinheiro para levar ao time - assim como o venezuelano Pastor Maldonado.

Especulações nas últimas semanas sugerem que Barrichello poderia ser substituído por Adrian Sutil (Force India), Bruno Senna (promovido a titular da Renault para as provas da Bélgica e da Itália) ou Giedo van der Garde, piloto holandês que atualmente disputa a GP2 .

Mesmo assim, Rubinho declarou ainda ter algumas cartas na manga e não implorou pela manutenção de sua vaga. Pelo contrário, afirmou que a equipe terá um futuro melhor se renovar o seu contrato.

"Tenho outras conversas em andamento na F1 e tenho falado com outras pessoas. Penso nesse momento que, mesmo que a Williams tenha problemas financeiros, deveria continuar com o que tem agora: um piloto experiente e motivado, e outro jovem em desenvolvimento", disse o brasileiro.

"Alinhar com dois novatos no próximo ano é uma decisão errada a se tomar. Estou apenas vendo o meu lado. Não posso oferecer mais que isso", bradou Rubens.