Stefano Domenicali prega melhora no carro da equipe para que seus pilotos tenham condições de brigar

Chefe de equipe da Ferrari, Stefano Domenicali admitiu que não gostou de ver seus pilotos tomando voltas dos líderes do Grande Prêmio da Espanha , disputado no domingo (22). Na prova, somente Sebastian Vettel, Lewis Hamilton, Jenson Button e Mark Webber terminaram na mesma volta. Fernando Alonso concluiu a prova em quinto, e Felipe Massa abandonou por conta de problemas no câmbio.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Não há como negar que ser retardatário machuca. É ainda mais doloroso após ver um piloto do calibre de Fernando conseguir um grande desempenho na largada, e então lutar para manter pilotos com carros mais rápidos que o dele para trás durante quase vinte voltas”, disse Domenicali.

Segundo o italiano, a Ferrari tem de melhorar as características aerodinâmicas do carro para que, em circunstâncias como esta, seus pilotos possam brigar com os rivais.

“Precisamos fornecer a Fernando e Felipe um carro com o qual eles possam lutar por toda a corrida, e não apenas na primeira parte. Nosso carro tem um problema na downforce, especialmente com os novos pneus duros trazidos pela Pirelli”, contou o chefe da escuderia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.