Mais forte, Lotus Renault dá ao brasileiro a chance de melhorar os resultados alcançados no ano passado

Nesta quarta-feira (24), o brasileiro Bruno Senna foi confirmado como titular da Lotus Renault para o Grande Prêmio da Bélgica, que será disputado no domingo (28), às 9h (de Brasília). Em seu retorno à Fórmula 1 após estrear em 2010 pela Hispania, o piloto voltará a Spa Francorchamps , pista em que conseguiu seu melhor grid – foi 18º no ano passado. Somente em outra oportunidade – no GP da Alemanha, quando saiu em 20º - Senna conseguiu escapar das duas últimas filas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O brasileiro abandonou o GP da Bélgica de 2010, o que não foi incomum para o piloto durante a temporada – Senna teve de deixar nove das 18 corridas que disputou na última temporada. Seus melhores resultados foram um 14º na Coreia do Sul e um 15º no Japão.

Agora com um carro mais forte, Senna tem condições para melhorar esse retrospecto. Os piores resultados da Renault em classificatórios neste ano são um 18º e um 24º, ambos alcançados por Nick Heidfeld, piloto que deixou a equipe para a entrada do brasileiro.

Já em corridas, o pior resultado de um carro da escuderia que completou a prova foi o 17º de Vitaly Petrov no Grande Prêmio da Malásia . A equipe ainda teve quatro abandonos, três deles de Heidfeld.

Vale lembrar que Senna já guiou uma Renault em um evento oficial nesta temporada. O brasileiro participou do primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Hungria , e terminou com o 15º melhor tempo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.