Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Senna chega na frente de Petrov mesmo após acidente

Brasileiro teve de fazer uma parada a mais para trocar sua asa dianteira danificada

iG São Paulo |

Pela segunda vez consecutiva, Bruno Senna conseguiu terminar uma corrida na frente de Vitaly Petrov. O brasileiro fou 15º no Grande Prêmio de Cingapura, chegando duas colocações à frente de seu companheiro de equipe, o russo Vitaly Petrov, sendo que, dessa vez, Senna chegou a ser 22º após ir para os boxes para trocar sua asa dianteira, danificada após acidente.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Minha primeira volta foi muito boa, mas a partir daí passamos a sofrer uma degradação de pneus muito grande. Estava forçando para fazer boas voltas mas tivemos que ajustar bastante os freios para compensar a degradação dos pneus traseiros. Quando colocamos os macios, eles não estavam se desgastando tanto quanto os supermacios. Então, saindo da curva mais lenta da corrida, meus pneus travaram e eu me choquei contra a parede. Isso complicou muito minha corrida, pelo tempo perdido e pelo pit stop extra”, declarou Senna.

O piloto admitiu que a corrida poderia ser melhor e disse que espera conseguir um resultado mais expressivo na próxima etapa do campeonato, que será disputada no Japão no dia 9 de outubro.

“Poderia ter sido uma corrida muito melhor para nós, mas fizemos o que podíamos e agora vamos começar a pensar no Japão, onde espero que possamos explorar mais o potencial do R31”, disse.

Leia tudo sobre: Bruno SennaF1Lotus Renault

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG